A importância da adoção

Ao adotarmos um animal, estamos dando a ele uma segunda chance. Normalmente, esse animal sofreu com o abandono, maus-tratos, esquecimento, fome e frio. Adotar um animal é, sem dúvida, um ato de muita solidariedade e amor. Ao adotarmos, não estamos preocupados com a aparência, mas sim com as possibilidades de recuperação do cão. Mas também consiste em saber que, mesmo que ele não sobreviva, pelo menos oferecemos carinho nos seus últimos momentos.
Devemos levar em consideração que, para muitos animais, as opções que têm são: serem adotados, morrerem na rua ou viver trancados em um abrigo, junto a dezenas de outros cães. A principal vantagem de adotar um cão é que você irá salvar a sua vida e oferecer-lhe uma existência mais digna (que, é claro, ele merece).
Como vários desses cãezinhos tiveram um lar antes, ou conseguiram sobreviver nas ruas, eles saberão como devem se comportar em diversas situações (por exemplo, para fazer as suas necessidades ou comer). Com paciência, ele começará a confiar em você e se tornará o seu aliado para a vida toda.

Desvantagens da adoção
Existem também algumas desvantagens em adotar. Por exemplo, não saber se o animal irá conseguir sobreviver aos maus-tratos ou a alguma doença que esteja enfrentando. Ademais, também há a possibilidade de termos que arcar com um tratamento caro ou cuidados especiais que, para uma pessoa que trabalha fora de casa, é muito difícil de cumprir.
Também devemos ter cuidado caso a nossa casa já tenha outros animais de estimação, já que o novo integrante pode transmitir alguma doença para eles. Por último, é preciso saber que a maioria dos animais de estimação em adoção não são filhotes.

Dra. Juliana Martins Ferreira é médica veterinária (CRMV 29.816) e atende na

Clínica Happy Pet, Rua Guilherme Guinle, 445, Vicente de Carvalho, tel. 33043062

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>