Ações integradas entre GCM, polícias militar e civil apresentam resultados positivos

Venâncio pág (600 x 534)Segundo estatísticas divulgadas na última terça-feira (28) pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-SP), Guarujá teve queda nos números de roubos e furtos, de janeiro a julho deste ano, comparado ao mesmo período do ano passado. O levantamento revela que a Baixada Santista como um todo registrou redução nos casos (conforme tabela), e Guarujá obteve números significativos. Os dados apontam o recuo de 28,41% nos roubos gerais (2.126 para 1.522), 50% em latrocínio (2 para 1), 44,20% roubo de veículo (138 para 77), 19,57% nos furtos (1.819 para 1463) e 40,08% nos furtos de veículos (252 para 151). Para a Secretaria de Defesa e Convivência Social (Sedecon), o resultado positivo reflete o trabalho integrado entre as forças de segurança do Município. Quadro SSP (600 x 193)“Com a segurança municipal atuando principalmente nas causas primarias da segurança e nos pequenos delitos, a ação favorece com que a Polícia Militar atue mais preventivamente com vistas a delitos maiores”, afirmou o secretário de Defesa e Convivência Social, Luis Cláudio Venâncio Alves (foto), que ressaltou também o bom trabalho na área de investigação realizado pela Polícia Civil. O tenente-coronel Luiz Fernando Stefani, comandante do 21º BPM/I, explicou que as ações policiais se baseiam na análise imediata da evolução criminal. “É realizada uma reunião semanal de análise crítica, na qual são apresentados os estudos estatísticos de cada região. Com os dados em mãos, são realizadas ações corretivas e os efetivos são realocados para atuarem no local e nos horários pontuais”. Stefani elogiou e reafirmou a importância do empenho conjunto das forças de segurança municipais, o que gera troca de informações, ocasionando uma gama de cobertura maior das ações. “Se analisarmos os dados dos últimos cinco anos, esse número vem caindo consideravelmente, proporcionando sensação de segurança na região”, concluiu o tenente-coronel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *