Baixada Santista terá 131 candidatos a deputados estaduais e federais.

candidatos (600 x 284)Terminou na quarta-feira, dia 15 de agosto, o prazo para os partidos registrarem os nomes dos candidatos no Tribunal Superior Eleitoral. No dia 16, começou a propaganda eleitoral. Os candidatos estarão autorizados a fazer comício, carreata, distribuir material de campanha e fazer propaganda na internet. Mas essa propaganda não pode ser paga. Só pode ser feita de forma voluntária, como, por exemplo, em sites próprios dos candidatos e dos partidos. A propaganda no rádio e na TV começa dia 31 de agosto.

Recorde
A Baixada Santista terá o maior número de candidatos a deputado federal e estadual da história nas eleições deste ano. Segundo informações de lideranças partidárias locais e representantes dos diretórios, são 131 nomes confirmados por 34 agremiações contra 116, em 2014.
Do total, serão pelo menos 63 concorrentes à Assembleia Legislativa e outros 68 em busca de uma vaga na Câmara dos Deputados .
Os três parlamentares da Baixada Santista que atuam em Brasília, Beto Mansur (MDB), João Paulo Papa (PSDB) de Santos e Marcelo Squassoni (PRB),de Guarujá, tentam a reeleição. O mesmo acontece com os representantes regionais no parlamento paulista, Caio França (PSB), de São Vicente, Cássio Navarro (MDB), de Praia Grande e Paulo Corrêa Júnior (Patri), de Santos.

Em Guarujá
Quem acompanha a movimentação política na cidade, prevê, diferentemente de outros pleitos, uma eleição calma e sem acirramento de ânimos, destacadamente na disputa à Assembleia Legislativa, com a desistência da atual primeira-dama Edna Suman (PSB) e da também ex-primeira-dama e ex-deputada estadual Haifa Madi (Podemos). São candidatos Gilberto Benzi (PR), ex-vereador e ex-secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Portuário, Ana Paula Lourenço (NOVO), a advogada é única mulher na disputa a deputada estadual, o empresário da construção civil, Toninho Rodrigues (Pros) e Fernando Putz Grila (PMN), entre os mais conhecidos.
Entre os candidatos a deputado federal, Marcelo Squassoni (PRB) tenta a reeleição com apoio declarado do prefeito Válter Suman (PSB), Andressa Salles, vereadora e ex-lider da bancada da situação na Câmara Municipal, Angélica Mariano (PTB), filha do ex-prefeito Maurici Mariano e o empresário Figueiredo Jogo Legal (PHS) se destacam.

Sistema político falho
Para especialistas da área, essa pulverização de candidatos está ligada ao atual sistema político, falho, composto por 35 siglas no País. Desse total, 25 delas estão representadas na Câmara Federal.
A pulverização é considerada natural, porque as agremiações políticas querem ocupar os espaços, mas cabe lembrar que, a partir deste ano, passará a ser aplicada a cláusula de barreira que prevê que cada partido terá de ter, pelo menos, 1,5% dos votos válidos (total de sufrágios, com exceção dos nulos e brancos) nacionais para deputado federal, distribuídos em pelo menos um terço dos estados. As legendas que não atingirem esse percentual passarão a receber uma fatia menor das verbas públicas e do tempo de propaganda partidária e eleitoral.
Progressivamente, em 2030, a cláusula chegará a 3%. A tendência é que haja uma fusão de siglas para que continuem a sobreviver. A expectativa é de que, com menos siglas, o eleitor poderá fazer escolhas mais consistentes.

Sem candidatos
Um fato que chama atenção no pleito deste ano é que siglas tradicionais, como DEM, PPS e PSC, decidiram não lançar candidatos da região tanto à Câmara dos Deputados como à Assembleia Legislativa, bem como algumas siglas de esquerda, como PCO, PSTU e PCB.
Já o PP e PCdoB não terão ninguém na disputa para deputado federal. O SD e PRB optaram por não apostar em nomes na corrida por cadeiras no parlamento paulista. (com informações de A Tribuna)

 

Confira os candidatos:

Deputado estadual
Alessandra Mattos (Pros)
Alessandro Cagé – Professor Cagé (PTC)
Almir José de Melo (DC)
Amaro Ximenes de Melo – Irmão Ximenes, o Popular (Pros)
Ana Paula Lourenço (Novo)
Andrea Menezes (Pode)
Antonio Henrique Leite – Mestre Henrique (PHS)
Augusto Duarte (PSDB)
Caio César Loro (PR)
Caio França (PSB)
Carina Vitral (PCdoB)
Carlos Eduardo da Silva – Kadu (PMN)
Cássio Navarro (PSDB)
Célia Aparecida Fagundes Leite (DC)
Cícera Severina da Conceição Musa (PV)
Custódio Tavares Fernandes Júnior (Pode)
Daniel Crisóstomo dos Santos (DC)
Daniel Requejo – Dr. Daniel Requeijo (Avante)
Daury de Paula Júnior (MDB)
Edlamar Aparecida Siqueira (PMN)
Euvaldo Reis dos Santos Menezes – Vitrolinha (Pode)
Fabiano Gregório (PT)
Fábio Alexandre Nunes – Professor Fabião (PSB)
Fábio Moura (Novo)
Fabíola Campos (PSB)
Fernanda Santos (PT)
Fernando Santos (PMN)
Gilberto Benzi (PR)
Hádia Amorim (Rede)
Henrique Falcão (Pros)
Ingrid Fare (Novo)
Jefferson Cezarolli (Rede)
Kenny Mendes (PP)
Luciano Batista (PR)
Luís Alexandre Pinheiro (Novo)
Luiz Carlos Gianelli (PSD)
Marco Antônio Gonçalves Leite (PRP)
Marcos Ogan (PMN)
Matheus Coimbra de Aguiar – Tenente Coimbra (PSL)
Maykon Rodrigues dos Santos – Professor Maykon Santos (PSOL)
Michelline Tavares (Patriota)
Moises Costa de Souza (PSL)
Noeli Maester (PHS)
Odair Bento Filho (Patriota)
Orlando Couto Júnior (PV)
Pastor Ricardo Saibro (Avante)
Paulo Corrêa Júnior (Patriota)
Paulo Mansur (PHS)
Paulo Queiroz (PR)
Psicóloga Thaís Galvão (Patriota)
Raul Christiano (PSDB)
Regiane Alonso (Pros)
Rick Santos Rebu (PDT)
Ronaldo Prudente (Rede)
Rosane Costa (PPL)
Sandra Domingos (PPL)
Silvio Damaceno (Rede)
Sira da Silva (PMB)
Toninho Rodrigues (Pros)
Valéria Bento (MDB)
Vanessa Souza Leal (DC)
Victor Panchorra (PSL)
Vinícius Andrade Pereira – Vinícius Pescoço (PHS)
Wilson Jr (PMN)

Deputado federal
Adriano Pereira (Pros)
Alessandra da Silva Santos – Alessandra Facex (PRB)
Alexandre Alves Tenório dos Santos – MC Barriga (PRP)
Alfredo Moura (Pros)
Andressa Salles (PSB)
Angélica Mariano (PTB)
Antônio Aberaldo de Pinho – Toninho Ferramenta (PMN)
Antônio Barbosa (Patriota)
Arlindo Pereira Figueiredo Júnior (PHS)
Arnaldo de Oliveira Junior (PV)
Beto Mansur (MDB)
Carlos Alberto da Fonseca – Pastor Carlinhos Nenê (Patriota)
Débora Camilo (PSOL)
Edson Carlos da Silva (PPL)
Eduardo Xavier (MDB)
Eduardo Pereira (SD)
Eliana Sabá (PRB)
Evandro Cabral (PMN)
Fábio Mello (PSOL)
Fausto Landi (Patriota)
Fellipe Ferreira de Souza (PRP)
Gilmar André (PRB)
Gustavo Palmieri (PSB)
Héric Moura (PSOL)
Jacira Gomes Gonçalves Goes (PV)
João Paulo Papa (PSDB)
João Pedro Peres Rodrigues (PMN)
José Frigério (Novo)
Júnior Bozzella (PSL)
Kayo Amado (Rede)
Kléber Pieruzzi Silveira (DC)
Koyu Iha (Pros)
Leandro Avelino (PSB)
Luci Cardia (PSDB)
Luiz Carlos Suzano (PRP)
Luiz Fernando Lobão (PTC)
Marcelo Coelho (Pros)
Marcelo Squassoni (PRB)
Márcia Marreta (Rede)
Marcos Antônio Henrique de Souza (PDT)
Marcos Antonio Marques (DC)
Marcos Mohai Szabo (DC)
Marilza Oliveira – Nega (PR)
Maurici Aragão (Patriota)
Nadir Tavares Alberto (PR
Nara Santana (Podemos)
Neide Barueco (Pros)
Orlando Carlos Belizardo (PRP)
Patrícia Zanella (Rede)
Paulo Della Rosa (PMN)
Paulo Roberto dos Santos (PMN)
Raimunda Ferreira Xavier Santos – Tia Rai (PR)
Rodnei Oliveira da Silva – Nei da Estiva (SD)
Rodrigo Rosário (Pros)
Rodrigo Santana – Rodrigão do Vôlei (PSDB)
Rosana Valle (PSB)
Sérgio Santana (PR)
Severino dos Ramos Santos Silva (PHS)
Severino Laurentino (Pros)
Severino Tarcisio da Silva – Doda (Pros)
Silas Moreira (Patriota)
Silene Maria Sâo José dos Santos (DC)
Simião Bernardo dos Santos (PMN)
Solange Lupo (PPL)
Sônia Branco (PPL)
Tamara Crema (Novo)
Telma de Souza (PT)
Vagner Pelonha (Patriota)

Fonte: lideranças partidárias e diretórios estaduais das siglas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>