Benzi faz duras críticas ao descaso da prefeitura com a Saúde

upa rodoviaria cred LUIZ TORRES DL (600 x 412)Enquanto faltam dezenas de medicamentos básicos na rede municipal de saúde, a Prefeitura gasta muito dinheiro para veicular na Globo uma propaganda fantasiosa do Aeroporto de Guarujá”.  A frase é do vereador Gilberto Benzi (PSDB), que na última terça-feira participou do programa Rotativa no Ar, da Rádio Guarujá AM, onde falou com destaque da saúde pública no Município. 

 “Só nas últimas semanas, listamos mais de sessenta e cinco medicamentos em falta nos postos de saúde, inclusive os mais básicos, como dipirona sódica, paracetamol e amoxilina. Ao mesmo tempo, a Prefeitura gasta uma fortuna para veicular no horário nobre da Globo uma propaganda fantasiosa do Aeroporto de Guarujá. Isso, ao meu ver, é mais do que descaso, e sim uma forma de zombar da população”. 

Em seguida, Benzi falou sobre o grande erro de gestão e planejamento do atual governo municipal, que criou um colapso na rede de saúde em Guarujá.

No relatório da CEI da Saúde, constatamos que 80% dos atendimentos na rede municipal são feitos nos Prontos Socorros, unidades que deveriam atender apenas casos de emergência e urgência, demonstrando o abandono da Prefeitura ao atendimento primário e preventivo. Um erro grave de gestão. Pois a pessoa que tem uma gripe simples, dor de garganta, que tem de fazer curativo, ou outro procedimento básico, deve ser atendida numa policlínica próxima de sua casa e não em um Pronto Socorro. Caso contrário, continuaremos a ter multidões no PAM, no Hospital Santo Amaro, forçando o atendimento apressado, colocando pacientes com problemas distintos no mesmo ambiente, aumentando a possibilidade de contaminações, num ciclo continuo de problemas, e ao invés de uma rede de saúde, continuaremos a ter uma rede de doenças”.

Como solução, Benzi defendeu uma mudança radical no atual sistema.

Precisamos inverter as prioridades e começar a focar nas Unidades Básicas dos bairros, estruturá-las para atender bem o morador, investir na prevenção. Os principais gestores de saúde pública apontam que o caminho é investir na prevenção. As cidades com melhores índices de saúde pública investem nas Unidades Básicas, separando os casos graves, dos casos de rotina. E é esse modelo que Guarujá precisa. Dar estrutura para as Unidades Básicas dos bairros, remunerar bem os profissionais, e gerir com seriedade os recursos da Saúde”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>