CELSO DO TRANSPORTE – Para a polícia não há indícios de crime político

Celso (447 x 600)Candidato a vereador em Guarujá pelo (PSDB), Cerciran dos Santos Alves, o Celso do Transporte, de 43 anos, foi assassinado com tiros na cabeça na quarta-feira (24), em plena luz do dia, no bairro Jardim Boa Esperança, em Vicente de Carvalho.

Nas primeiras diligências da Polícia Civil não foram detectados indícios de crime com motivação política, mas nenhuma hipótese é descartada. 

Celso foi surpreendido pelos criminosos às 10h51 na Rua Arilene Farinazo Ferreira, após sair de carro, um Golf, de seu buffet, segundo a polícia.

Os três executores estavam em um Siena roubado e começaram a atirar após o carro ser emparelhado junto ao Golf da vítima.

Ao ser atingido, Celso do Transporte perdeu o controle do veículo, subiu o carro na calçada e atingiu um muro.

Estes elementos que estavam no veículo desceram e efetuaram mais disparos, praticamente todos concentrados na cabeça da vítima”, disse o delegado Estevam Gabriel Urso, titular do 1º Distrito Policial de Guarujá.

Apuramos também que havia um outro veículo dando cobertura e que era um veículo escuro tipo SUV”, afirmou Urso.

Durante o atendimento da ocorrência, o carro usado pelos executores foi encontrado abandonado a cerca de duas quadras do local do homicídio. Ele fora roubado, segundo a polícia, em 31 de julho de uma estudante, em Vicente de Carvalho.

Arma e celulares

No Golf do candidato a vereador os policiais apreenderam uma arma de fogo que ele mantinha e dois telefones celulares. Os aparelhos serão analisados pela Polícia Científica.

O inquérito do caso será conduzido pelo Setor de Homicídios da Delegacia Especializada Antissequestro de Santos (Deas). Informações que ajudem no esclarecimento do caso podem ser transmitidas pelo telefone 181 (Disque-Denúncia). Não é necessário se identificar.

Pesar

Por meio de nota, o candidato a prefeito de Guarujá pelo PSDB, Gilberto Benzi, disse que a notícia abalou a todos e traz “da pior maneira” a sombra da violência que insiste em rondar a Cidade.

Benzi ainda afirmou que os familiares e amigos se lembraram de Celso do Transporte “como um trabalhador de coração generoso”.

Celso deixa a mulher e três filhos. Em 2012, ele tentou uma cadeira na Câmara, obteve 1.789 votos pelo PMDB, mas não foi eleito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>