Crea SP apresenta resultados regionais de fiscalização em Guarujá

Fiscalizacao (1) (600 x 450)Profissionais da área tecnológica das regiões do Vale do Ribeira, Baixada Santista, Vale do Paraíba, Grande ABC e demais municípios da Grande São Paulo estarão reunidos nesta sexta e sábado, dias 20 e 21, para a realização do terceiro Colégio Regional de Inspetores promovido este ano pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo – Crea-SP. O encontro será realizado no Campus Guarujá da UNAERP, com abertura às 20h00 da sexta e continuidade dos trabalhos no sábado, a partir das 08h00. A programação terá como base as ações de fiscalização do Conselho relativas às condições de meio ambiente em usinas de açúcar e álcool, na extração de minérios e em aterros sanitários, indústrias e outros segmentos que possam causar prejuízos ambientais. Na ocasião serão apresentados os resultados de blitze realizadas em maio e junho nos municípios de Registro, Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Santos, Cubatão, Guarujá, Bertioga, São José dos Campos, Taubaté, Mogi das Cruzes, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e outros municípios da Grande São Paulo. Com a realização dos dois primeiros Colégios Regionais de Inspetores em 2018, sediados em Adamantina e Sorocaba, o Crea-SP já fiscalizou cerca de 200 municípios com focos nas atividades de meio ambiente. No encontro do Guarujá serão apresentados os resultados da fiscalização em mais 30 municípios, sendo que até o encerramento do ciclo dos Colégios Regionais, no final de setembro, o Conselho terá fiscalizado aproximadamente 400 cidades - mesma meta do ano passado. O Colégio de Inspetores é um fórum permanente composto por inspetores e pelo Presidente do Crea-SP, para auxiliar, discutir e propor diretrizes da fiscalização profissional do Conselho; aprimorar a atuação dos inspetores e consolidá-los como líderes de suas regiões, promovendo seminários, palestras, cursos e debates; e traçar estratégias para melhorar as relações institucionais na sociedade, por meio da valorização dos profissionais do Sistema CONFEA/CREA como agentes importantes para o desenvolvimento sustentável dos municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *