Denúncia contra presidente da Câmara é arquivada

Edilson Dias (411 x 600)Por unanimidade os vereadores reijeitaram na sessão ordinária da última terça-feira (04), o pedido de cassação do presidente da Casa, o vereador Edilson Dias (PT), protocolado pelo munícipe Roberto dos Santos Nunes na semana anterior sob a acusação de suposto nepotismo.
Edilson já havia se manifestado no plenário que a denúncia não tinha corpo legal, pois para ser válida, precisaria ser protocolada pela Mesa Diretora, vereador ou algum partido político e não por um munícipe.
Também a assessoria jurídica da Câmara emitiu nota A informando que, após analisar da denúncia, foi evidenciada a inconsistência técnica das argumentações apresentadas.
“Estou totalmente tranquilo em relação aos meus atos e da improcedência dessa denúncia. Não vai ser isso que vai me intimidar ou frear as ações de transparência e moralização que tenho adotado. Sei que há muita gente incomodada com isso, mas não vai ser dessa maneira que vão barrar o meu trabalho”, declarou Edilson na ocasião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *