“Estamos resgatando o orgulho de viver em Guarujá e Vicente de Carvalho”

Suman_gabinete_dez_2017_Pág. 05 (450 x 600)Em entrevista exclusiva ao jornal O Itapema, o prefeito Válter Suman (PSB) avalia suas realizações nesses 11 meses de governo, fala dos desafios que encontrou ao assumir a administração da cidade e de suas expectativas e projeto para o próximo ano.

Início de mandato

“Como foi amplamente divulgado, assumimos a administração com um grande passivo a ser pago aos fornecedores e dividas com prestadores que somavam, numa primeira avaliação, algo em torno de R$ 90 milhões, que num levantamento mais aprofundado chegou a um valor entre R$ 160 milhões e R$ 180 milhões, agravado pela crise nacional que reduziu os repasses dos governos estadual e federal e queda de arrecadação do município, além de problemas crônicos como uma divida ativa que foi muito mal cobrada ao longo da história da cidade, totalizando hoje cerca de R$ 5 bilhões. Obviamente, ao longo do tempo, se perde muito desse valor que é o equivalente a quase quatro orçamentos .
Vale lembrar ainda que Guarujá e Vicente de Carvalho vinham carecendo muito de um cuidado maior, especialmente na questão da zeladoria, encontramos a prefeitura também sem nenhum tipo de convênio bancário, o que de inicio gerou problemas na distribuição dos carnês de IPTU. Problemas na Saúde pública, onde a falta de médicos plantonistas e um tempo de resposta das ambulâncias muito acima do razoável nos obrigaram a ações emergenciais como contratações para completar a escala médica e reduzimos o tempo de atendimento das ambulâncias de uma hora, uma hora e meia, para vinte minutos.
Reforma nas estruturas físicas da maioria das unidades de Saúde também precisaram ser executadas em caráter emergencial para dar um acolhimento digno à nossa população. Reparos na parte elétrica, sanitária e hidráulica, bem como a climatização de muitas unidades, em especial o PAM da Rodoviária, onde são atendidos em média de 800 pacientes por dia.
Tivemos que fazer uma série de cortes para fazer frente e honrar os pagamentos de muitos prestadores, como, por exemplo, a empresa que prestava serviços de Tapa Buracos. A administração anterior não honrava os compromissos havia dois anos.”

Iluminação

“A CPFL gerencia o parque de iluminação de Viicente de Carvalho e a Elektro vinha administrando o de Guarujá, mas por determinação federal, a empresa deixou de executar o serviço desde o dia 1º de julho e, a partir de 1º de agosto, iniciamos um processo visando a licitação de uma empresa para a manutenção da iluminação pública de Guarujá. São cerca de 40 mil pontos, um sistema muito defasado, ultrapassado com muitos pontos ainda escuros. De imediato, em parceria com a iniciativa privada conseguimos disponibilizar uma iluminação de muito melhor qualidade em algumas grandes vias da cidade como as avenidas Puglisi, Mário Ribeiro, Leomil, Lídio Martins Correa e Santos Dumont. Parte de Pitangueiras, além das praças dos Expedicionários, das Bandeira e 14 Bis, mas ainda é pouco perto do desafio que temos pela frente.
Com relação ao aumento na CIP, Contribuição de Iluminação Pública, é importante ressaltar que não é rejustada desde 2013. Sabemos que qualquer reajuste gera descontentamento, principalmente em tempos de crise, mas, neste caso, o bônus dessa despesa será maior que o ônus. Investir numa cidade bem iluminada é fundamental não só para a segurança dos nossos munícipes, mas para fomentar o Turismo. Não existe turismo se cidade não for segura, monitorada, com acessibilidade, limpa e bem iluminada.”

Ações do feriado - 12-10-17 - Operação Padroeira (600 x 366)Segurança

“É importante salientar que a segurança é um item importantíssimo para a questão do nosso turismo e para quem aqui reside. Para isso temos prestigiado o trabalho da nossa Guarda Civil Municipal, revendo os plano de carreira da categoria e a regulamentação da Lei 13022. A GCM tem realizado importantes operações em próprios públicos, ações como a Força Tarefa que propiciaram em menos de nove meses cerca de mais de 3 mil atendimentos , a Operação Dignidade que visa uma atenção maior a questão dos moradores de rua, também com igual número de atendimentos.
Mantemos uma boa relação e um contínuo diálogo com as polícias civil e militar. Para a temporada teremos o acréscimo de 400 homens nas ruas e na orla e a infraestrutura já está preparada para recebê-los e acolhe-los, a partir do dia 20, quando tem início a Operação Verão.
Em relação ao porte de arma para os guardas municipais, é uma expectativa da própria corporação e está no nosso plano de governo. Inicialmente 50 agentes, estarão armados e, para isso, estão sendo treinados e qualificado com preparação psicológica conforme a lei preconiza.
Instalamos também um sistema de monitoramento na maioria das escolas do município e uma central de operação integrada será implantada no Morro da Campina (Morro do Maluf) e estará em operação em breve.”

Educação

“Os professores Renato do Gama e João Percchiore estão trabalhando muito para a melhoria dos nossos índices no IDEB. Realizamos nove Caecs em Ação que levam cidadania população, entregamos mais de 30 mil kits de material escolar aos alunos da rede municipal, promovemos olimpíadas de Língua Portuguesa, Plantão Pedagógico, simulados do IDEB, mostras de Matemática e feiras de Ciências, além de reformas de várias unidades educacionais. 29 equipamentos foram recuperados dos 67 próprios do município que vinham sofrendo uma deteriorização das suas estruturas por anos seguidos. Tivemos a implantação da Univesp em parceria com o Governo do Estado, criando 200 vagas para quatro graduações e 9 mil vagas em cursos profissionalizantes.
Aumentamos a concessão do Passe Livre, atualmente mais de 5 mil estudantes são transportados gratuitamente.
Quanto ao uniforme escolar, que não deu para entregarmos este ano, é nossa intenção entregar no próximo ano e, é nossa intenção, implantar para 2019, o Cartão Educação para que os uniformes sejam feitos na cidade. Isso ira girar a economia e gerar empregos em pequenas confecções locais.”

BAse_aerea_aeroporto_guaruja (600 x 400)Aeroporto

“No final do ano passado foi sepultado todo o processo licitatório do nosso futuro aeródromo civil. Tentamos resgatá-lo, mas lamentavelmente não houve entendimento entre o consórcio que estava sendo criado. Acredito que nas próximas semana estaremos publicando um novo edital de licitação para a construção do aeroporto. Destaco que recebemos a visita do Secretário de Aviação Civil, Dário Lopes, com quem também estivemos em Brasília, que assumiu a responsabilidade de implantar uma estação metereológica de superfície que é um equipamento que vai dar uma segurança enorme aos voos por equipamentos.Vamos começar as operações no aeroporto de maneira tímida, como aconteceu em Jericoacoara, no Ceará, por exemplo, com um voo charter por semana, aumentando a frequência gradualmente. Já existe também um link de negociações com o Concais para que nós modernizemos o píer da Base Aérea de Santos para recepcionar os passageiros de cruzeiros marítimos. A nossa previsão é todo esse processo esteja concluído na temporada de 2018/2019 para que os voos já estejam acontecendo.”

Representante em Brasília

“O deputado federal Marcelo Squassoni (PRB) tem sido de fundamental importância política na abertura de portas para o Guarujá em Brasília. Tenho que fazer justiça porque desde o início do nosso governo ele se colocou a disposição e nós estamos usando o mandato dele em prol da cidade.
Sou testemunha que ele tem as portas abertas e um diálogo muito fácil com todos os ministros e nos acompanhou em audiências nos ministérios da Saúde, Turismo, das Cidades, Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação entre outros. Uma cidade precisa ter sempre uma boa representatividade , além do que ele encaminhou emendas parlamentares destinadas à área da Saúde que já estão sendo trabalhadas para que os objetivos dessas verbas sejam atendidas. Da mesma forma, e de maneira muito ética, nos encaminhou a gabinetes de outros deputados federais conquistando mais emendas parlamentares para a nossa cidade.”

Quermesse Guaibê (600 x 450)Eventos

“Festividades que já não aconteciam há um bom tempo foram retomadas, como a Festa de Iemanjá, Marcha Para Jesus, festejos juninos em todos os bairros, Desfile Cívico Militar. Este anos voltamos a ter a decoração de Natal e eventos culturais como a apresentação do maestro João Carlos Martins, em parceria com o Sesc- Senat, a Nordeste Fest , apresentação da Esquadrilha da Fumaça, o Baile de Gala da Cidade, o Baile da Primavera em Vicente de Carvalho. A Cultura, o Esporte e o Lazer têm se caractarerizado por grandes ações na nossa cidade.”

 

Desafios

“Os enfrentamentos e os desafios que nós assumimos não são pequenos e não são poucos. A questão do saneamento básico e água que são importantíssimos, do transporte público, da iluminação, a questão do aeroporto civil metropolitano, a questão do Porto, do patrimônio público, da dívida ativa do município que historicamente não foi cobrada, da revisão do cadastramento imobiliário, mas com a transparência da prestação de contas, estamos fazendo com que muitos potenciais investidores estejam se preparando para investir na cidade, destacadamente no ramo da construção civil que e do Turismo são as principais fontes de geração de emprego e renda, esse sim o nosso maior desafio.”

Caderno de metas

“Costumo dizer que quem sabe o que quer, vai mais longe. A gente não pode ficar no dia a dia enxugando gelo, apagando incêndios, nós temos que ter planejamento. Estamos finalizando com louvor este ano que termina. Pesquisa do Instituto IPAT apontou que a nossa administração tem em torno de 65% de aprovação, entre ótimo, bom e regular, o que mostra que nós estamos atendendo à expectativa da população. Estou na rua diuturnamente, trabalhando muito e tenho cobrado essa mesma dedicação intensa dos meus secretários. No próximo dia 12 de dezembro, cada secretaria vai apresentar o seu plano de metas para 2018, e com isso nós vamos criar o nosso Caderno de Metas, embutindo aí algumas ações que terão prosseguimento nos anos seguintes. Ações que vão caminhar de acordo com o nosso plano de governo. É dentro do espectro do planejamento se consegue definir o início, meio e fim das ações e não no turbilhonamento de enfrentamentos e desafios que acaba ocupando o nosso dia a dia.”

Obras_Cantagalo (600 x 400)Avanços

“Posso afirmar que nesses onze meses nós avançamos o equivalente a dois, três anos de gestão, destacadamente na zeladoria, atendimento à Saúde, Educação e Habitação. Muitas obras estavam paradas porque não haviam sido prestadas contas junto ao DADE. A regularização dessas contas está propiciando a finalização de obras tão sonhadas como a da Avenida Antenor Pimentel, da Avenida Rafael Vittielo (antiga Avenida Brasi)l na Vila Zilda, Vila Edna e Morrinhos. No Centro Turístico, as ligações da Mario Ribeiro com a avenida da orla, propiciaram uma dinâmica maior da mobilidade urbana, além da pavimentação de várias ruas em Vicente de Carvalho. Não teria nada disso ocorrido se não tivesse ocorrido uma ação política da Secretaria de Planejamento.”

Mensagem

“Estamos resgatando a autoestima e o orgulho de se viver em Guarujá e Vicente de Carvalho. O nosso sonho, a nossa vontade e o nosso trabalho é no sentido de que possamos morar, trabalhar, conviver com nossa família e criar nossos filhos numa cidade segura, limpa, iluminada, monitorada, acessível e principalmente uma cidade solidária.
Muitos grandes investimentos estão por ocorrer, fruto da segurança política e jurídica que nós temos mostrado ao longo deste primeiro ano de administração. Isso tem atraído muitos potenciais investidores, e cito aqui o projeto executivo já aprovado na Secretaria Nacional de Portos da segunda fase da Avenida Perimetral quer vai movimentar cerca de R$ 400 milhões ,o Aeródromo Civil Metropolitano, que já citei e a ligação seca, que eu acredito sim, que vai se concretizar na gestão do atual vice-governador e futuro governador Márcio França (PSB), sem esquecer do interesse que existe na questão portuária e retroportuária da nossa cidade.
É fundamental destacar a importância da participação da população na conscientização da sua saúde pessoal, saúde pública, cidadania, direitos, deveres e consciência ambiental. A cidade que conjuga mais o ‘Nós’ e menos o ‘Eu’ é uma cidade que tem muito mais chance de ser próspera e justa socialmente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>