“Eu me coloco como pré-candidato de um novo projeto para São Paulo”

WhatsApp Image 2018-07-16 at 18.47.49 (600 x 450)O professor, economista e empresário de Guarujá, Claudio Fernando Aguiar, presidente estadual do PMN, anunciou esta semana a coligação de seu partido com a REDE Sustentabilidade de Marina Silva. Cláudio é pré-candidato ao governo do Estado e terá como seu pré-candidato a vice-governador o vereador de São João da Boa Vista, Roberto Campos, indicado por Marina.

Pré-campanha
“Estamos correndo bastante, tive a oportunidade de assumir a presidência estadual do Partido da Mobilização Nacional em novembro de 2017 e coloquei meu nome a disposição para disputar o Governo do Estado. É um projeto antigo, disputei as eleições em 2014, não tive êxito porque eu estava em um partido que resolveu apoiar um outro partido, mas nesse ano agora, consegui ter êxito como presidente estadual e estamos rodando o Estado todo, todas as cidades e construindo novas executivas municipais. Triplicamos o número de filiados, compromisso que assumimos e estamos cumprindo, divulgando o partido, aumentando a militância e apresentando nossos projetos como pré-candidato a governador.”

A escolha do vice
“O nome indicado por Marina Silva para compor a chapa foi o de Roberto Campos, de São João da Boa Vista, interior de São Paulo, vereador por quatro legislaturas e presidente da Câmara por quatro vezes. Elegeu-se da última vez com 9% dos votos do município. No Brasil, proporcionalmente foi o vereador que mais teve votos na última eleição. É bom ter como companheiro de chapa alguém que teve essa votação expressiva e experiência muito grande.”

Coligação
“Sim, o PMN está coligado com a Rede. O partido tinha um candidato a governador em São Paulo, Alexandre Zeitune, que é o vice-prefeito de Guarulhos, aparecemos praticamente juntos na última pesquisa do Ibope, no entanto a direção da Rede resolveu retirar esta candidatura para apoiar a candidatura do PMN. Desta forma o PMN coliga com a rede proporcionalmente e majoritariamente. Eu serei o candidato da Marina Silva para governador do Estado e ela a minha candidata à presidência da República.
Nós temos uma legislação que obriga o candidato a ter no seu partido ou coligação, um número mínimo de mandatários ou 2/3 da assinatura dos outros candidatos, que tem esses mandatários, para participar dos debates, o que seria uma situação incômoda, ficar na mão do seu concorrente, por isso essa coligação engrandeceu a nossa campanha e está me dando voz porque eu participarei de todos os debates de forma que eu possa apresentar todas as minhas propostas e projetos para o Estado de são Paulo em todas as áreas.”

Marina Silva
“Marina Silva conseguiu desenvolver no país uma forma diferente de fazer política, a própria Rede Sustentabilidade é um projeto sobre isso. Foi o primeiro partido, já na sua construção a recusar dinheiro de empresas privadas, quando naquela época não existia obrigatoriedade proibindo receber esse tipo de recurso, antes mesmo da lei. Nós sabemos que essas empresas que financiam campanhas têm interesse em vencer as futuras licitações e quem acaba pagando é o povo, como aconteceu em São Paulo com a merenda escolar e com as obras do Metrô, escândalos que até hoje não foram investigados.
Sempre fui um entusiasta da postura ética e profissional de como a Marina Silva sempre se portou nas eleições que participou e, para mim, ter o apoio dela ao governo foi algo que me deixou muito empolgado, porque pela primeira vez vou disputar uma eleição nesse nível. Marina teve 5 milhões de votos só no Estado de São Paulo na última eleição, 21 milhões de votos em todo o Brasil.”

Ligação Seca
“A Dersa é uma vergonha na Baixada Santista. Para mim, está claro que o motivo de não construírem uma ligando Guarujá à Santos, não é a viabilidade da obra, mas o lucro gerado com a tarifa. Não justifica você atravessar uma ponte e pagar R$ 10,80 de pedágio. No caso da balsa, já se justifica por causa dos diversos custos comparados com a manutenção de uma ponte.”

A cidade
“Guarujá vem se desenvolvendo bastante, o que é algo que nos deixa muito contentes, no entanto falta ainda muito apoio do Governo Estadual para que este crescimento seja continuado. Apoio esse na segurança, na balneabilidade das praias, nas áreas tecnológicas, a ponte, como já citei, seria um grande instrumento de desenvolvimento para a cidade porque nós estamos ilhados.
Acredito que um olhar mais carinhoso por parte do Governo do Estado seria importantíssimo, já que somos uma cidade turística das que mais recebe visitantes de todo o Estado de São Paulo, e por isso deveria ser tratada de forma diferenciada pelo governador.”

Mensagem
“A população tanto de Guarujá como da Baixada Santista está descrente da política e dos políticos. As pesquisas apontam que mais de 50% dos eleitores não irão as urnas porque não querem ter envolvimento com o meio político. Eu me coloco como um pré-candidato de um novo projeto. Sou um cidadão comum, dou aula durante a noite, trabalho durante o dia, decidi me candidatar por me indignar com o que vem acontecendo e espero que a população olhe de forma diferente para a política. Deixar de votar, significa votar nos mesmos que estão aí.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>