Fortaleza da Barra Grande concorre ao título de Patrimônio Mundial pela Unesco

fortaleza-barra-grande (600 x 420)No início do mês, Guarujá participou do Seminário Internacional de Fortificações Brasileiras - Patrimônio Mundial, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com os Ministérios do Turismo, da Cultura e da Defesa. O Seminário, realizado em Recife, teve como foco a candidatura de um conjunto de fortificações do Brasil à Patrimônio Mundial pela Unesco, sendo uma delas a Fortaleza da Barra Grande de Santo Amaro, em Santa Cruz dos Navegantes. A diretora de Patrimônio Histórico da Prefeitura, Mônica Daige, representou o Município, colocando em evidência a fortificação. O conjunto é formado por fortes localizados no Amapá, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. De acordo com o Iphan, todos são produtos da ocupação marítima portuguesa e holandesa, estruturas remanescentes dos séculos XIV a XIX, que representam com a máxima fidelidade, as construções defensivas implantadas àquela altura nos pontos que serviram para definir as fronteiras do Brasil. Para conquistar o título, a Fortaleza da Barra precisará seguir as exigências estabelecidas no Seminário. Ao final do encontro, autoridades dos governos federal, estadual e municipal assinaram a Carta de Recife.  O documento elenca diretrizes que fomentam a participação social na gestão das fortalezas, a fim de mantê-las atuante tanto no papel ambiental, arqueológico, arquitetônico e paisagístico quanto no papel de salvaguarda da história e cultura nacional, com iniciativas de educação patrimonial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *