Funcionários da Saúde estão com salários atrasados

Saúde Guarujá cred LUIZ TORRES DL (1) (600 x 418)Os mais de 700 funcionários da Organização Social Instituto Corpore, que desde 2012 é responsável pela mão de obra nas 14 Unidades de Saúde da Família (Usafas) da cidade, estão com salários atrasados há pelo menos 15 dias, além de não receberem há mais tempo os benefícios trabalhistas.

A situação não é nova. Em junho, o problema era o atraso nos vales alimentação e transporte. Agora, a situação é mais abrangente, conforme relatam os os colaboradores que afirmam que estão com vale-alimentação, Fundo de Garantia (FGTS) e pagamento atrasados e a única coisa que a empresa tem a dizer é que não tem previsão para acertar nossos benefícios.

De acordo com o Portal Transparência da Prefeitura de Guarujá, dos R$ 21 milhões empenhados ao instituto no ano passado, a Administração pagou R$ 17,4 milhões. Para este ano, estão empenhados R$ 21,9 milhões, dos quais R$ 9 milhões quitados.

A Prefeitura informou em nota que o único valor em atraso atualmente é referente a junho, no total de R$ 726.482,33. “A situação já está em tratativas para que o valor seja sanado”.

O Governo Municipal repassou ao Instituto Corpore, no mês passado, o pagamento de R$ 1.540.550,67. De janeiro a julho deste ano, a Prefeitura pagou uma média de R$ 1,6 milhão/mês ao instituto”. O Instituto Corpore não se manifestou. (Com informações de AT/ Foto: Luiz Torres)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>