Governador joga balde de água fria no projeto do túnel Guarujá-Santos

Governador[1550] (600 x 507)O Governador Geraldo Alckmin (PSDB) esteve na Baixada Santista na terça-feira (31) e acabou, pelo menos por enquanto, com qualquer expectativa de construção do túnel entre Guarujá e Santos, obra que seria uma das opções para minimizar os problemas constantes na travessia de balsas entre as duas cidades. Alckmin disse que a obra é “cara” e que precisa primeiro terminar outras obras já em andamento na região. O projeto do túnel ligando os dois municípios foi lançado em 2013. As obras tinham previsão de início em março de 2015, o que não aconteceu até o momento. Apesar de ainda não ter saído do papel, Alckmin reconhece que a construção do túnel aliviaria o transporte na região.
“É um projeto importantíssimo que vai aliviar de 70% a 80% do transporte das balsas. No túnel poderão passar todos os tipos de veículos, até o VLT. É uma obra cara. Não adianta começarmos tudo e não terminarmos. Precisamos também terminar o VLT e a hora que tivermos financiamento nós vamos fazer o túnel, mas ainda não tem”, explica.
O governador acrescenta que, como na época a obra tinha sido orçada em cerca de R$ 2 bilhões, é preciso ter segurança financeira para executá-la num momento de crise. “Nós estamos em entendimento com o Governo Federal para novos financiamentos, mas faz um ano que estamos sem (financiamento). Precisamos ter segurança para lançar uma obra deste tamanho num momento de crise”, acrescentou o governador.
Enquanto não há prazo para construção do túnel, as balsas devem continuar operando na região. Mesmo com os problemas frequentes de embarcações quebradas ou em manutenção e as longas filas em horários de pico, Alckmin garante que nove balsas estarão em funcionamento até março. “Até até março teremos nove balsas. Tivemos problemas hoje de manhã porque uma balsa quebrou e problema de navios com grande acesso ao Porto”, lamentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>