Guarda-vidas estão sem receber comida

guarda vidas (600 x 376)Bombeiros guarda-vidas que atuam nas praias de Guarujá estão sem receber refeições da Prefeitura desde segunda-feira (15). São distribuídas, ao todo, 150 refeições por dia para os profissionais, que trabalham em turnos de 12 e 24 horas. Além dos guarda-vidas que ficam nos postos de salvamento distribuídos pelas praias, também recebem alimentação os bombeiros que atuam em veículos de combate a incêndios e nas lanchas.

Conforme informações, a empresa que fornece os alimentos, Amanda Bozzi Chagas-ME, estaria sem receber desde janeiro da Prefeitura. Porém, segundo a fornecedora, o motivo é outro: o encerramento do contrato com a Administração Municipal, em dia 18 de julho. As refeições ainda não tinham sido cortadas devido a um acerto entre o restaurante e o Corpo de Bombeiros.

A Secretaria Municipal de Defesa e Convivência Social confirmou que o contrato venceu e informou que o processo licitatório está em fase final. Não esclareceu, entretanto, o motivo de o certame não ter sido realizado antes.

Por se tratar de prestação de serviço especializado, há a necessidade de contratar empresa com a logística adequada, pois, além do fornecimento de aproximadamente 150 alimentações, também há a necessidade de entregá-las nos postos onde são lotados bombeiros guarda-vidas”, justifica a Prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>