Guarujá fecha semestre com menor valor na Cesta Básica Nacional

tabela (600 x 451)No mês de junho, a cesta básica custou R$ 327,47 em Guarujá, elevando a cidade ao primeiro lugar no ranking das localidades mais baratas, em comparação às capitais brasileiras. A lista de 13 itens que compõem a Cesta Básica Nacional registrou queda de -9,85% no comércio guarujaense, no primeiro semestre de 2017 em Guarujá. Porém, os três produtos que tiveram aumento impactam diretamente no café da manhã: a manteiga, o café e o leite. Os dados são do estudo permanente do Núcleo de Pesquisas da UNAERP Guarujá.
A pesquisa revela que a cesta de produtos em Guarujá se comportou neste primeiro semestre em variação negativa. Em janeiro, a cidade iniciou 2017 com a cesta valendo R$ 363,23 e finalizou o primeiro semestre, em junho, com o custo de R$ 327,47, queda de -9,85%.  “Com isso, o índice medido pela UNAERP que estava na sétima posição em janeiro passou para o primeiro lugar no ranking das cidades mais baratas em junho. E ainda podemos comparar com a cidade de São Paulo, que teve custo de R$ 441,61 em junho, o que deixou a capital paulista na 21ª posição na lista e cerca de R$ 114 mais caro em relação aos preços praticados em Guarujá”, ressalta o prof. Dr Rubens Carneiro Ulbanere, coordenador da pesquisa.

Café da manhã mais caro
Na avaliação de cada item da cesta, composta por 13 produtos alimentícios, estava mais caro fazer café da manhã em junho. Isso porque a manteiga (27,25%), o café (18,61%) e o leite (5,42%) registraram aumento de preços. Por outro lado, os outros dez itens sofreram redução, sendo que as maiores quedas de preços foram a batata (-32,55%), o pão francês (–25,61%), a banana (–24,98%), o arroz (–18,36%) e o óleo (–10,54%). Conforme orientação do DIEESE (2017), a partir do mês de junho de 2017 foi considerada a farinha de mandioca para as regiões norte e nordeste e a farinha de trigo para as demais regiões.
Outro indicador é a média de todas capitais brasileiras, incluindo a CBN UNAERP. O valor médio em todo o País no mês de junho foi de R$ 384,30. Se comparado à média registrada em janeiro, de R$ 389,99, houve uma deflação no período de –1,46%, equivalente a uma redução monetária de R$ 5,69.

Estudos da UNAERP permitem monitorar preços
Para a pró-reitora da UNAERP, Profa. Priscilla Bonini Ribeiro, as pesquisas econômicas mantidas pela universidade refletem o compromisso da instituição em gerar conhecimentos que contribuam para o desenvolvimento da sociedade. “Além de terem sua importância científica, as pesquisas econômicas têm um papel social muito importante, ao permitirem à população e aos comerciantes da cidade a possibilidade de acompanharem o comportamento dos preços dos produtos na nossa região”.
A pesquisa da Cesta Básica Nacional CBN/UNAERP, divulgada pelo Núcleo de Pesquisas Fernando Eduardo Lee da UNAERP Guarujá, consiste no levantamento de preços em seis estabelecimentos, sendo três na região centro/orla e três no Distrito de Vicente de Carvalho. A cesta é composta por 13 produtos alimentícios especificados pelo DIEESE, e as médias são calculadas e comparadas com os valores das cestas básicas das 27 capitais brasileiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>