História do Guarujá 514

Newton Rafael Gonçalves

Newton Rafael Goncalves dia 23-06 (389 x 600)Newton Rafael Gonçalves, nasceu no Guarujá, no Sitio Conceiçãozinha em 23 de junho de 1948, filho de Juvenal Gonçalves e dona Elidia Pedrazoli Gonçalves.
Casado com Luzenilda Silva Gonçalves, tem dois filhos Raphael e Luciana, e uma neta Rafaela.
Estudou na Escola Auxiliadora da Instrução no Macuco em Santos, e findou seus estudos no Terceiro ano da Escola Marcílio Dias em Vicente de Carvalho, católico ativo foi batizado na antiga capela da Igreja de Vicente de Carvalho em 1957, foi coroinha, participou ativamente das Pastorais da igreja.
Em 1964, foi levado pelo seu pai para trabalhar numa oficina mecânica onde trabalhou com Gentil Nunes na Veleiro Veículos, em 1965 Newton e seu Pai sofreram com o regime militar, pois foram suspeitos de serem comunistas.
Com o falecimento de seu pai em um acidente de carro em 1965, começou a trabalhar na Indústria de Pesca Tayo, onde trabalhou alguns meses, no início de 1969, foi admitido na empresa Moinho Santista, logo foi levado para o Sindicato pelo Senhor Joãozinho Furtado do PCB, passando a fazer parte da oposição, que levaram a eleger o Presidente Barnabé Manoel Risco, fazendo a fusão dos Sindicatos dos Padeiros e do Sindicato dos Laticínios, hoje Sindicato da Alimentação da Baixada Santista onde Newton foi diretor Sindical Social, Vice Presidente do sindicato e Delegado diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Alimentação.
Em 2006, Newton, para defender seus companheiros, já demitidos pela empresa, fez várias manifestações a favor dos companheiros, pagando com a demissão após 38 anos na Empresa.
Na política ele foi levado por Edmeia Ladvig em 1977 a Participar do fórum do Comitê da Anistia no Sindicato dos Metalúrgicos de Santos.
Newton participou de vários movimentos, os comícios das DIRETAS JÁ, do Grupo MEP, Movimento de Emancipação do Proletariado, dos ENCLAT (Encontros da Classe Trabalhadora), CONCLAT (ENCONTRO DA CLASSE TRABALHADORA) e da Fundação da CUT, Central Única dos Trabalhadores, onde foi dirigente da CUT regional do ABC e da Baixada Santista. Em 90 foi convidado para ser um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores na Baixada Santista, onde a princípio recusou porém mais tarde, em 1979, recebeu a visita em sua casa no sitio Conceiçãozinha do então Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Luiz Inácio Lula convencendo Newton a participar da criação e fundação do PT na Baixada Santista. Em 1976 ele, Edmeia Ladevig e Bete Lima trabalharam e formaram a primeira Comissão Pro visória do PT do Guarujá, onde inclusive mais tarde foi Presidente, e fundaram também a SOMECON, Associação de Melhoramentos do Sitio Conceiçãozinha e a UNIPESC União dos Pescadores de Conceiçãozinha, sendo as mesmas só legalizadas depois do regime Militar.
Newton e seus companheiros trabalharam arduamente para que o Sítio Conceiçãozinha conseguisse as titularidades das terras onde sempre residiram.
No dia 15 de Abril de 2014, o vereador Edilson Dias de Andrade, através do Decreto Legislativo nº 022/2014, outorgou-lhe a Medalha Legislativa do Trabalho.

 

aniversariantes (600 x 275)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>