Inauguração da Padaria Artesanal é marcada por homenagens

Padaria (600 x 400)Como objetivo de proporcionar capacitação profissional, o Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Guarujá inaugurou na quinta-feira (7), em sua sede, a Padaria Artesanal.A iniciativa faz parte de um convênio firmado com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp). O projeto Padaria Artesanal qualifica profissionais e capacita agentes multiplicadores na produção de 10 tipos de pães, feitos com vegetais e frutas. A cozinha é equipada com forno inox, assadeiras, liquidificador industrial, masseira, cilindro, balança, geladeira entre outros recursos materiais. A primeira turma do curso é destinada para os jovens da Casa de Acolhimento. Além da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Guarujá, Edna Suman, o evento contou com a presença do prefeito e do assessor do Fussesp, Jefferson Froes, que na ocasião representou a primeira-dama do estado, Lu Alckmin, além de secretários municipais, vereadores, empresários e convidados. A cerimônia foi marcada por homenagens e apresentação do balanço das ações do FSS. “Que alegria poder estar participando deste momento especial na história do Município. É muito importante ter bons parceiros que se colocam à disposição da comunidade”, declarou o assessor do Fussesp, Jefferson Froes, que elogiou o trabalho desenvolvido pelo Fundo Social. Para o chefe do executivo, cada vez mais a Cidade está vestindo a camisa da solidariedade. “Temos que acreditar no espírito de solidariedade.O foco desse trabalho é melhorar a qualidade de vida da população nos mais variados segmentos,mas também dar oportunidade a esses jovens de estar vivenciando o seu primeiro emprego”, enfatizou o prefeito. A primeira-dama, fez um balanço dos 11 meses de trabalho à frente do Fundo Social de Solidariedade. Ela falou das lutas e também da garra com que superou todos os desafios conquistando a credibilidade, atraindo parceiros e espalhando a solidariedade pelo Município. E revelou o empenho para trazer o projeto Padaria Artesanal para a Cidade. “Eu fui pedir a Padaria Artesanal, porém naquele momento, o Estado não estava fornecendo. No entanto, eu insisti e consegui. Enquanto esperava a chegada dos maquinários, conheci a Casa de Acolhimento e fiquei preocupada ao saber que os jovens que são desabrigados saem de lá sem perspectiva de vida. Então, aquilo ficou no meu coração e eu precisava fazer algo por eles. Chamei o chef Brown e falei que iríamos começar a primeira turma do curso com os meninos”, explicou a primeira-dama. Comandando a Padaria Artesanal do Fundo Social, está Ailton de Jesus da Silva – popularmente conhecido como chef Brown – que não escondeu a emoção ao falar da sua história e da realização de um sonho: poder ajudar a quem mais precisa. “Este projeto é a minha vida, vendo esses jovens eu lembro o tempo que eu vivia nas ruas de Guarujá, catando latinha. Quando surgiu o convite para fazer um curso, na primeira padaria artesanal do Município, eu agarrei a oportunidade e tudo mudou. Nesta terra onde já chorei de tristeza, hoje meu choro é de alegria”, revelou o chef que agradeceu todos os apoiadores. Parcerias Durante a cerimônia, os empresários que auxiliaram a fortalecer as ações do Fundo Social foram homenageados com o certificado “Parceiro Solidário”. Os alunos, também receberam certificados, dois deles – Henrique Cabral Carvalho e Eduardo Soares Vieira- já começam a trabalhar na Padaria Rei do Trigo. “Eles serão profissionais de padaria e confeitaria. Não vão só aprender, mas ensinar também. Nossa equipe, já está esperando e acreditado na vitória deles”, declarou o proprietário da Padaria Rei do Trigo, Vitor Manoel Domingues. Van Para fechar a cerimônia, aconteceu a entrega de uma Van que vai auxiliar nas atividades e ações solidárias do FSS.O veículo foi comprado com recursos financeiros próprios, vindo de repasses do tesouro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *