Ministério Público dá voto favorável à ação eleitoral contra vereador

Pastor Sargento Marcos (421 x 600)A permanência do vereador Sargento Marcos Pereira (PSB), na Câmara de Guarujá, está cada vez mais fragilizada.
Esta semana, o Ministério Público deu parecer favorável à ação eleitoral, movida pelo ex-candidato a prefeito Jonatas Nunes da Cruz (PSOL), que acusa o vereador Sargento Marcos Pereira (PSB) de ter exibido propaganda política dentro de um dos templos da Assembleia de Deus, contrariando a legislação vigente quando era candidato à vereança. O parecer segue para as mãos do juiz que vai decidir a questão.
Através da assessoria de imprensa da Câmara o vereador afirmou que só vai se manifestar após a decisão final sobre a questão. Ele foi ouvido no último dia 23 pela Justiça Eleitoral.
A denúncia foi formulada e protocolada no dia 29 de setembro do ano passado e assinada por dois advogados de Guarujá – Diego Soares de Oliveira Scarpa e Glauber Rogério do Nascimento Souto.
A principal prova anexada à denúncia é um panfleto, com timbre da Assembleia, fotografia do pastor e do deputado Paulo Corrêa Júnior. O presidente do Ministério Assembleia de Deus de Santos, apóstolo Paulo Corrêa, pai do deputado, assina o panfleto, com texto que além do número do candidato, pede voto para os fiéis e suas famílias em 2 de outubro de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>