Operação Verão da Secretaria de Saúde fiscaliza ambulantes na praia

ambulantes-600-x-406Todos os anos é realizada em Guarujá, uma fiscalização dos ambulantes que comercializam alimentos e bebidas na praia. O objetivo é checar as condições de higiene dos equipamentos, garantindo a boa qualidade e evitando doenças devido à contaminação. Este ano, 750 ambulantes serão vistoriados e os itens verificados pela equipe vão garantir a renovação da licença ou não para o próximo exercício.
As condições que devem ser observadas são: Procedência do gelo – os ambulantes devem oferecer gelo produzido em boas condições de higiene e limpeza, acondicionados em sacos fechados e cuja procedência possa ser averiguada, ou seja, não podem utilizar gelo feito em suas casas, ou que seja adquirido de fornecedor clandestino; Avental de cor clara – todos trabalhadores do carrinho devem estar paramentados com avental de cor clara, de preferência branco; Cabelo preso – os ambulantes que manipulam alimentos e bebidas devem optar por cabelos curtos e/ou presos, e com uso de toucas e/ou bonés; Utensílios descartáveis – Copos, pratos, talheres e guardanapos devem ser descartáveis; Limpeza e higiene das mãos – deve ser feita com água corrente e sabão, além do uso de luvas; Acondicionamento dos alimentos – deve ser feito em recipientes limpos, fechados com tampa e devem ser mantidos em temperatura adequada; Destino do lixo – Os resíduos devem ser acondicionados em recipiente com tampa e devem ser descartados diariamente no final da tarde, no horário da coleta; Venda de bebidas alcoólicas – é observada a proibição da venda de bebidas alcoólicas à menores de idade.
Os fiscais trabalham em duplas visitando todas as praias de Guarujá e começam a realizar a operação nesta quinta-feira (5), estendendo até a véspera do Carnaval.
Após a fiscalização e orientação, os ambulantes assinam um documento se comprometendo em cumprir os itens para garantirem a boa qualidade dos alimentos e bebidas comercializados. De acordo com a Diretoria de Vigilância em Saúde, essas medidas evitam surtos e epidemias de diarréia na cidade.
Além do trabalho dos fiscais, os consumidores podem observar os procedimentos exigidos pela Vigilância em Saúde e, se notarem o descumprimento por parte dos ambulantes, podem entrar em contato com o setor pelo telefone 3355-1929.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>