OPINIÃO – Quando a farinha é pouca meu pirão primeiro

Caio Nunes (421 x 600)A comissão da Câmara que analisa a reforma política aprovou nesta quinta-feira (10) uma emenda que estabelece o chamado “distritão” para a escolha de deputados federais, deputados estaduais e vereadores. A matéria ainda deverá ser apreciada pelo plenária da casa.
Em síntese o distritão possibilitaria que os candidatos a esses cargos fossem eleitos da mesma forma que senadores, governadores e prefeitos ou seja cada estado ou município vira um distrito eleitoral sendo eleitos os mais votados no distrito afastando o atual voto proporcional.
Em Guarujá ao menos cinco vereadores não seriam eleitos pelo sistema do distritão, sendo que a maioria deles são vereadores estreantes na câmara municipal.
Diante de tanto descrédito na classe política, os grandes partidos, em uma atitude egoísta, acreditam que o sistema proposto será a bóia salva-vidas para muitos, já que tende a reeleger os atuais detentores de mandato, figuras mais carimbadas do cenário político nacional, dando pouco espaço para novas lideranças surgirem. Resumindo: “quando a farinha é pouca, meu pirão primeiro”.

Caio Nunes
Advogado Especialista em Direito Constitucional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>