Ouvidoria estuda aplicativo para agilizar atendimento aos munícipes

Marcelo Nicolau (450 x 600)Manutenção de vias, limpeza de bueiros, substituição de lâmpadas e poda das árvores. Essas são as principais reclamações recebidas pela Diretoria de Transparência e Controle, órgão da prefeitura que tem como missão aprimorar a qualidade dos serviços prestados à população e promover a interlocução entre o munícipe e o poder público municipal.
Há dois meses como Ouvidor Municipal, Marcelo Nicolau explica que a diretoria atua em várias frentes com atendimentos pelo telefone, pela internet, o atendimento itinerante, como no caso do PAM da Rodoviária e também na Ouvidoria presencial onde o munícipe reclamante pode fazer a sua reclamação pessoalmente.
“Em primeira instância o munícipe deve ir à secretaria que ele tenha pendência, por exemplo, se ele precisa de uma limpeza de bueiros, deve se dirigir à SEURB, Secretaria de Operações Urbanos, abrir um protocolo e caso não seja atendido ele vem à Ouvidoria, toma um café com o ouvidor, que vai se inteirar das suas necessidades e vai atuar especificamente para resolver aquela demanda”, esclarece Nicolau.

Resolutividade
“De 100% de reclamações, estamos conseguindo resolver perto de 50%. Nossos relatórios são mensais e entregues a todas as secretarias e ao prefeito e chegamos perto de 800 atendimentos por mês, com um índice de resolutividade de aproximadamente 390 casos. Vale lembrar que a atual administração encontrou uma cidade devastada e com uma série de problemas. A Ouvidoria está se empenhando para atender os casos pontualmente, inclusive é importante frisar que até pouco tempo, o maior número de reclamações era sobre a entrega de remédios e hoje a prefeitura tem conseguido atender a população que necessita da sua medicação, mas até um mês atrás isso era impraticável. Muitos munícipes relatavam também o mau atendimento nas unidades, então nós fizemos reuniões com a Secretaria da Saúde e pedimos um empenho maior para atender esses munícipes até na qualidade dos serviços.”

Aplicativo
Nicolau adianta também que a Ouvidoria está estudando a implantação de um aplicativo para agilizar ainda mais o atendimento aos munícipes a exemplo do que já funciona em outras cidades do país: “É um canal mais direto e o contato é imediato. Hoje estamos usando o meu próprio whatsapp quando o munícipe precisa falar com o ouvidor. Se for uma reclamação sobre perturbação do sossego, o munícipe me comunica na hora que está ocorrendo o fato e, de imediato, eu entro em contato com a Força Tarefa para agir naquele determinado momento. É um pedido do prefeito que a Ouvidoria seja atuante, transparente e que tenha esse contato direto com os munícipes para cuidar da cidade e das pessoas”, conclui.

Serviço

A Ouvidoria Municipal atende no térreo do Paço Municipal Moacir dos Santos Filho, na Avenida Santos Dumont, 800, no Santo Antônio. O contato também pode ser feito pelos telefones 0800-7737000 / 33087080, pelo site www.guaruja.sp.gov.br ou pelo e-mail ouvidoria@guaruja.sp.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>