Pinga fogo 524

As metades da laranja
O Baile de Gala não só abriu as comemorações dos 83 anos de emancipação de Guarujá, como, pelo que se viu, vai servir de marco para novos tempos de união das forças políticas locais, que mesmo em lados divergentes, querem o desenvolvimento da cidade.

Falando em baile…
A primeira dama, Edna Suman, só tem recebido elogios pelo evento que primou pela elegância e cuidado com os detalhes, da decoração ao cardápio. A realização da festa ficou a cargo do competente Julio, da Cape Eventos.

Olho nele!
Quem também tem recebido muitos elogios por seu desempenho na Câmara é o vereador Sérgio Santa Cruz, que nem parece estar em seu primeiro mandato. Seu partido, o PRB, e outras legendas acenam com possibilidades para uma futura candidatura a deputado.

Em agosto
Como esta coluna adiantou, Nego Walter (PSB) vai mesmo deixar a secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, para voltar à Câmara Municipal e reassumir a cadeira ocupada pelo vereador suplente Vargas. Walter é assumidamente candidato a deputado estadual nas próximas eleições.

Antes só…
Quem tem sido visto com frequência na cidade é o ex-prefeito de Bertioga, José Mauro Orlandini. O que se comenta é que ele teria sido convidado para ocupar uma secretaria na administração do prefeito Válter Suman.

…do que mal acompanhado
Ninguém discute a competência de Orlandini, arquiteto de profissão, que fez excelente gestão por dois mandatos no município vizinho e teria muito a colaborar com a nossa cidade. O que estão questionando é se ele vai trazer o Miranda de volta.

Tucanos no céu
Apresentação impecável da Esquadrilha da Fumaça na manhã desta sexta-feira (30) no céu da Praia de Pitangueiras. As manobras dos aviões tucanos da FAB atraíram milhares de pessoas à Praça dos expedicionários durante as comemorações do aniversário da cidade.

Tucano na terra
Enquanto os tucanos faziam o show aéreo, o tucano Gilberto Benzi devia estar pensando nas manobras que ainda precisa fazer para ver decolar o primeiro avião no Aeroporto Civil Metropolitano.

Voando alto
Ainda sobre a Esquadrilha da Fumaça, queremos parabenizar o trabalho do secretário-adjunto do Turismo, Dedé do Adélia que se empenhou para o sucesso da comemoração.

Voando baixo
O moço chegou ao Turismo com vontade de trabalhar, ao contrário da titular da pasta, que não estava na secretaria nas duas vezes em que este jornal foi procurá-la durante a semana.

Barraco no salão de beleza
A esposa de um conhecido advogado na cidade queria porque queria passar na frente da esposa de um vereador que tinha hora marcada em um cabeleireiro da cidade, no dia do Baile de Gala. A tal senhora precisa vestir as sandálias da humildade e não ofender as pessoas dizendo que é “rica, magra e viaja o mundo todo”. Ficou feio.

Localização estratégica
Oportuna a transformação do antigo pavilhão do carro funerário de Santos Dumont em posto de informações turísticas e base de apoio da Guarda Civil Municipal. A iniciativa do secretário Luiz Cláudio Venâncio, além de recuperar um ponto degradado na cidade, aumenta a sensação de segurança no cruzamento das avenidas Leomil e Puglisi.
Repercutiu bem
A iniciativa inédita do presidente da Câmara, vereador Edilson Dias (PT) em fazer a devolução para a prefeitura dos recursos, da ordem de R$ 4 milhões, economizados pela Casa em forma de equipamentos para as unidades de Saúde, conselhos municipais e entidades assistenciais.

Repercutiu mal
A rejeição, por 10 votos contra 5, do projeto de lei apresentado pelo vereador Vargas (PSB) proibindo a comercialização e o uso de fogos de artifício com barulho. As entidades protetoras de animais prometem se mobilizar para reverter a votação em agosto, quando a matéria vai para segunda votação.

Agenda cheia
Além de participar da programação do aniversário da Cidade, o deputado federal Marcelo Squassoni (PRB) participou de conversa pela manhã com associados da Associação Comercial e Empresarial de Guarujá (Aceg),que realiza eleição interna. a convite do presidente.

Romaria
Depois de Squassoni viabilizar a reorganização das contas do Hospital Santo Amaro, que teve suas dívidas, na casa dos R$ 23 milhões, refinanciadas pela Caixa Econômica Federal, tem fila de provedores de hospitais filantrópicos na porta do gabinete do deputado em Brasília.

Romaria II
Está quase certo que o banco federal fará o mesmo tipo de operação com a Santa Casa de São Carlos, no Interior, também devido a articulação do deputado. O anúncio deve ocorrer nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>