Pinga fogo 530

Inferno Astral
Bem complicada a situação do secretário de Desenvolvimento Econômico, Gilberto Benzi, depois do depoimento do diretor da Comissão de Compras e o Chefe da Comissão de Licitações à Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara Municipal que apura as irregularidades na licitação do aeroporto.

Teimosia
Ambos afirmam que Benzi não só tinha conhecimento de todas as irregularidades denunciadas pelo ex-secretário da pasta, Cláudio Fernando, como foi ele quem deu prosseguimento ao certame, considerado fracassado na gestão anterior.

Prejuízo
Para a presidente da Comissão, vereadora Andressa Salles (PSB), o prefeito foi induzido a erro por acreditar em Benzi que “passou para ele que estava tudo certo, mas na verdade não estava, como ficou comprovado durante o inquérito. Quando o prefeito constatou as irregularidades e que poderia ter mais gastos, imediatamente cancelou o processo licitatório para não ter mais prejuízos.”

Prejuízo II
“Guarujá perdeu sete meses nesse processo. Além do prejuízo com os custos das publicações legais, o prejuízo maior foi ao desenvolvimento não só da cidade, mas de toda a região da Baixada Santista”, afirmou Andressa em entrevista exclusiva a este jornal.

Tirando da reta
Acuado, Benzi afirmou para nossa reportagem e em entrevista no programa do Tuca Jr. que não foi ele quem deferiu o recurso do consórcio considerado inapto para participar da licitação “Foi o prefeito, meu superior hierárquico, que deu prosseguimento porque o recurso era para ele”, argumentou.

Corda bamba
Fontes seguras, ligadas ao quinto andar, não apostam na permanência de Benzi no cargo por conta das declarações.

Bateu de frente
Em postagem em um grupo restrito de whatsapp, a primeira dama, Edna Suman, referiu-se ao secretário como mentiroso e desleal. “Triste um secretário mentir e trair a lealdade ao prefeito quando obteve plena autonomia para cuidar do processo do aeroporto”. Aí a coisa pega!

Balde de água fria
A falta de habilidade de Benzi e o desgaste de uma exoneração anunciada podem dar fim às suas pretensões de ser candidato a deputado com apoio de Suman.

Perseguição
Para a nossa reportagem, Benzi afirmou que não acreditava em perseguição política porque sua candidatura seria decidida no momento certo pelo grupo político do qual faz parte. “Hoje sou candidato a ser um bom secretário”, disse. Nem isso ele conseguiu.

De olho
Uma provável saída de Benzi abre muitos espaços na administração, já que ele é quem mais tem cargos na prefeitura. Só na sua secretaria são dois secretários adjuntos e várias diretorias, fora na secretaria de Obras e Infraestrutura onde também tem indicações, inclusive o secretário.

Rindo a toa…
Deve estar o Marcelo Mariano, que estava no grupo do Benzi durante a campanha, mas teve que recorrer a outro padrinho para garantir a Secretaria da Habitação. Nossa Senhora de Cubatão tem poder!

Caixa preta
Falando em Cubatão, foi aprovado por unanimidade o requerimento do vereador José Nilton Doidão (PPS) que pede uma série de informações sobre os custos dos serviços prestados pela Terracom.

Caixa preta II
A empresa é responsável pelos serviços de limpeza, varrição de ruas, recolhimento de entulhos, coleta, transbordo e destinação final de lixo, bem como obras públicas que deixam muito a desejar e a que mais recebe recursos do orçamento municipal. Só no ano passado, foram gastos mais de R$ 45 milhões com a Terracom, só na coleta de lixo.

Não tá fácil pra ninguém
A turma do posto Ipiranga não perdoa nem os amigos. Dizem que a coisa está tão feia que o Sampaio não pode saber de um velório que já corre pra procurar a família do falecido para oferecer plano da OSAM.

Falando em defunto…
Se engana quem pensa que a ex-prefeita Maria Antonieta de Brito está morta politicamente. A “menina” ainda tem um time grande de simpatizantes dentro da administração, principalmente na AGM, Advocacia Geral do Município.

Assédio
Em reunião à portas fechadas, a direção do PR convidou o empresário Fábio Fronterotta para ser candidato a deputado estadual pela legenda. Fábio tem estreitos laços com o deputado federal Guilherme Mussi, cacique do PP paulista, mas, em princípio, não descartou o convite.

Já que o assunto…
É Fronterota, antes de criticar o empresário, seria bom algumas pessoas lembrarem que se a nossa cidade teve seu nome citado no cenário nacional de grandes eventos, foi graças a ele que trouxe shows internacionais para o Guarujá, gerando empregos, mídia e contrapartidas sociais.

Capitão (360 x 600)Capitão
A cidade perdeu no último dia 07 uma de suas figuras mais folclóricas e mais queridas, o “Capitão” Jessé Rolim que durante muitos anos esteve à frente do restaurante Cabana do Capitão em Vicente de Carvalho e depois no Centro de Guarujá, frequentado por políticos, artistas e intelectuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>