Pinga fogo 541

Metralhadora giratória
A vereadora Andressa Salles (PSB) protagonizou na última sessão do legislativo, um fato inédito na história política de Guarujá. A líder do prefeito abriu fogo contra diversos secretários da administração de uma vez só por conta das críticas que eles fizeram às modificações propostas por ela e pelo vereador Doidão (PPS) no Plano Diretor.

Metralhadora giratória II
Não é a primeira vez que a vereadora se indispõe com um secretário. Gilberto Benzi, secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário, ouviu poucas e boas no episódio da licitação fracassada do aeroporto, mas dessa vez sobrou tiro pra todo mundo.

Metralhadora giratória III
Darnei Cândido, secretário de Planejamento e Gestão, foi chamado de incompetente, ao secretário Sidnei Aranha, do Meio Ambiente, Andressa recomendou que se ele quisesse aparecer, pendurasse uma melancia no pescoço. Quem conhece o moço, sabe que ele não vai deixar barato. Também não faltaram “elogios” ao secretário de Infraestrutura e Obras, Dirceu Marçal. Nem o secretário surfistinha, aquele que ninguém sabe direito o que ele está fazendo lá, escapou.

No embalo
Aproveitando que a “líder” estava descendo o sarrafo, os vereadores Doidão (PPS), Mário Lúcio (PR), Nequinha (PMN), Peitola (PSDB), Bispo Mauro (PRB) e Raphael Vitiello (PSDB) usaram a tribuna da Casa para baixar a ripa no secretário de Operações Urbanas, Hassen Hammoud, por não estar atendendo as suas indicações e no Chefe de Gabinete, Fabrício Henrique, por estar dando “chá de cadeira” nos vereadores quando vão se reunir com o prefeito.
Perdidão
Quem ficou meio sem entender o que estava acontecendo na sessão foi o vereador do PPS, Zé Teles Junior, o único que se declara de oposição. Para não ficar feio, reclamou do salário dos secretários ser maior que o dos vereadores “para não fazerem nada”.

A gente não esquece
A secretária de Turismo, Thais Margarido, não foi lembrada pela pelos vereadores, mas a gente lembrou dela. Quando ela não está catando latinha, está viajando. Agora foi à Argentina “divulgar pacotes para temporada de verão”. Ora, secretária, no verão a única divulgação que Guarujá precisa é a Majú, do Jornal Nacional, dizer que vai fazer tempo bom. A gente precisa atrair turistas é em outras épocas do ano.

Destaque positivo
Chamou a atenção dos presentes no plenário da Câmara, a postura calma e apaziguadora do vereador Sérgio Santa Cruz (PRB) durante a tumultuada sessão. Parecia ser o único com bom senso e percepção de que aquela não era a atitude correta dos vereadores de situação e que roupa suja se lava em casa.

Sem baixaria
Calmo e elegante, o competente secretário de Planejamento e Gestão, Darnei Cândido respondeu à nossa reportagem às acusações da vereadora Andressa Salles de que seria “incompetente para o cargo que ocupa” com seu currículo: “A minha formação me dá suporte para estar na posição que estou. Sou arquiteto, engenheiro civil, e tenho outras especializações na área de Saneamento e uma carreira de mais de 45 anos de trabalho e estudo. Não vou discutir esse assunto e penso que cada um sabe o lugar onde está”.

Sem baixaria II
Sobre as modificações propostas no Plano Diretor, afirmou que não recomendaria ao prefeito sancionar as alterações na Lei 156 sem as audiências públicas e sem a análise e o aval do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional que preside. O conselho se reúne na próxima semana, a pedido da Secretaria de Governo, para elaborar um documento para orientar o prefeito.

Sem baixaria III
Para Darnei, aumentar a altura dos prédios na orla só favorece os construtores e causa sombreamento na praia. “Imagine uma praia que não tem sol como acontece em alguns trechos da praia de Pitangueiras ou como permitiram que acontecesse no Balneário de Camboriú, em Santa Catarina”, lembra.

Técnicos
A Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Guarujá também se posicionou sobre o assunto através do seu presidente, Henrique Menin. “Em uma rápida análise, as alterações no gabarito dos prédios e redução dos recuos das edificações propostas pelos vereadores para zona de alta densidade demográfica não são os mais adequados para nossa realidade”, afirmou.

Tempestade a vista
Observadores mais atentos da cena política local não têm duvidas que a impulsividade da vereadora Andressa Salles ao propor as alterações no Plano Diretor e ter projetos seus vetados pelo chefe do Executivo deve trazer sérios problemas ao prefeito Válter Suman daqui para frente, comprometendo ações do governo.

Tempestade a vista II
“Por mais que a vereadora queira isentar Suman, esquece que ao criticar os secretários, critica e desrespeita também o prefeito, já que a prerrogativa de escolher seus auxiliares é exclusiva dele, autorizado pela população que lhe deu mais de 70 mil votos”, afirmam.

Tempestade a vista III
Outra controvérsia é ela dizer que têm votos são os vereadores e não os secretários. Como disse Darnei, secretário tem que ser técnico, mas é bom lembrar que no primeiro escalão de Suman, pelo menos dois secretários têm muito mais votos que ela. Gilberto Benzi teve mais de 20 mil votos para prefeito no primeiro turno e Sidnei Aranha outro tanto, fora os vereadores que estão licenciados ocupando cargos no primeiro escalão.

Fim de caso
Para os mesmos observadores, outro sinal que deixa evidente a deteriorização do relacionamento, até aqui cordial, do Executivo com o Legislativo foi o fato que na mesma sessão todos os vetos do prefeito aos projetos apresentados pelos vereadores foram derrubados por unanimidade. Aguardemos os próximos lances.

Feijoada
Eliane Falanga convida para o evento FEIJOADA & SAMBA, com samba de raiz a cargo do músico Edgar Pereira que acontece no dia 11 de novembro na Avenida Marjory Prado, 525 , Praia de Pernambuco. Convites e informações pelos telefones (13) 97421 5147 e (11) 94794 6524.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>