Pinga fogo 546

Escola Sem Partido Aos 45 minutos do segundo tempo da última sessão ordinária do legislativo, antes do recesso parlamentar, os vereadores aprovaram a lei que institui em âmbito municipal o projeto Escola Sem Partido, iniciativa da vereadora socialista e líder do governo, Andressa Salles. Escola Sem Partido II Ninguém entendeu direito por que a vereadora resolveu apresentar o polêmico projeto que já teve pareceres contrários da OAB, Ministério Público, Supremo Tribunal Federal e até do próprio Ministério da Educação por ser inconstitucional e legislar sobre matéria exclusiva da União. Crianças Sem Creche Nas redes sociais, a atitude da vereadora foi bastante criticada pelos internautas. Não só pela maneira que a lei foi aprovada, sem debates com a sociedade e nem mesmo com os outros vereadores, mas porque a cidade tem assuntos mais emergenciais na Educação, como a falta de vagas nas creches. Prefeito Sem Liderança Observadores da cena política da cidade são unanimes em afirmar que nunca viram uma liderança do governo na Câmara jogar contra a administração. Primeiro fez comentários nada elogiosos ao titular da pasta de Desenvolvimento Econômico e Portuário Gilberto Benzi, no caso da licitação do aeroporto e, mais recentemente, aos secretários Sidnei Aranha e Darnei Cândido que se opuseram as mudanças no Plano Diretor. Prédios Sem Recuo No caso do Plano Diretor, é bom que se lembre, a Câmara aprovou, sem ouvir os conselhos de Arquitetura e Urbanismo e de Meio Ambiente, alterações no gabarito de edificações, o que, além de ser prerrogativa do Executivo é preconizado no Estatuto da Cidade. É bom lembrar também que o veto do prefeito foi derrubado. Inauguração Sem Secretário Falando em Gilberto Benzi, a ausência do secretário foi notada na inauguração da Padaria artesanal, realizada semana passada na sede do Fundo Social. Como todos sabem, a relação da primeira dama com Benzi está estremecida desde o citado imbroglio do aeroporto. Obras com Jesus Ainda sobre Benzi, teria sido dele a indicação do nome do ex-secretário e candidato a sucessão de Antonieta, Adilson de Jesus, para substituir Dirceu Marçal na secretaria de Infraestrutura e Obras. Prefeito Sem Discurso O que se comenta nos bastidores é que agora fica mal para o prefeito falar que a culpa é da administração anterior com o ex-homem forte da gestão Antonieta ocupando um cargo importante no atual governo. Atitude que, em campanha, ele prometeu que não iria tomar. Direto de Brasília O deputado federal Marcelo Squassoni (PRB) comemorou nas redes sociais mais uma importante conquista para o Hospital Santo Amaro: “Cumprimos nosso compromisso de derrubar o veto presidencial que impedia o acesso de Santas Casas e hospitais filantrópicos a linhas de crédito com condições subsidiadas, assumido com o Hospital Santo Amaro e outras instituições da Baixada Santista” Direto de Brasília II “Atualmente, 90% das 2.100 Santas Casas e hospitais filantrópicos do Brasil têm débitos, simplesmente porque o financiamento da Saúde Pública ainda é um grande problema no País, com a defasagem do Teto SUS, entre outros fatores. Dificultar a vida dessas instituições, que realizam mais de 50% dos atendimentos de alta complexidade do SUS, só fará agravar a delicada situação da Saúde Pública brasileira e não nos levará a lugar algum”, afirmou o parlamentar. Segurança Os primeiros sinais positivos da instalação da Central de Monitoramento da Guarda Civil Municipal no Morro do Maluf, já podem ser sentidos mesmo antes do início da operação do equipamento. Os marginais que constantemente assaltavam turistas que apreciavam a vista do morro, sumiram do local. Cassado O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou a cassação do mandato do vereador José Teles Junior (PPS) por compra de votos na eleição de 2016. O suplente é o vereador da mesma legenda Wanderley Maduro dos Reis. Terno novo Maduro, ao contrário de Zé Teles, que é marinheiro de primeira viagem, tem larga experiência na Câmara em sucessivos mandatos e na presidência da Casa. Fofoqueiros de plantão dizem que ele já comprou terno novo para assumir. Em boa hora O plenário da Câmara aprovou no último dia 12, em segunda (e definitiva) votação, o Projeto de Lei Complementar 031/2017, de autoria do prefeito Válter Suman (PSB), que prorroga até 31 de março de 2018 o prazo de adesão ao Programa Municipal de Recuperação Fiscal (REFIS), em vigência desde o último dia 27 de julho. A lei começa a valer a partir da sua data de publicação no Diário Oficial. Perguntar não ofende Vai ser duro para os vereadores explicarem por que votaram tão rápido e, por unanimidade, o aumento do IPTU, penalizando ainda mais os munícipes com a maior alíquota da região, mais de 5% e não chegaram a um consenso sobre o reajuste do ISSQN das empresas do porto, que faturam bilhões na nossa margem esquerda. Guarujá perde O gabaritado profissional da área de segurança pública Nozor da Silva Rêgo assumiu no Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior, a assistência policial, chefia dos investigadores, junto com o diretor Gaetano Vergine. Nozor foi convidado pelo prefeito Válter Suman, para integrar a inteligência da PMG, mas pela demora e burocracia da administração, optou pelo Deinter 6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *