Policiais de elite irão reforçar segurança na Baixada Santista

O secretário Mágino Alves Barbosa Filho anunciou, durante reunião do Gabinete Metropolitano de Gestão Estratégica de Segurança Pública (Gamesp) da Baixada Santista, que os batalhões do Comando de Choque e delegacias do Deic e Denarc farão operações especializadas no litoral, a fim de reforçar a segurança na região. A reunião aconteceu na Prefeitura de Santos, na manhã desta sexta-feira (10), e contou com a presença de representantes dos governos municipais do litoral sul, do Ministério Público, das polícias Civil, Militar Técnico- Científica e Federal, além de parlamentares envolvidos com segurança pública ou com a região da Baixada. “Vamos dar uma resposta imediata à afronta da criminalidade”, ressaltou Barbosa Filho. “Todos os batalhões do Comando de Choque, incluindo a Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), o Canil e o Coe (Comando e Operações Especiais) virão para apoiar as unidades territoriais e o Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia)”. Além da Polícia Militar, a ação da Polícia Civil do litoral também será incrementada por meio de operações especificas dos departamentos estaduais de Investigações Criminais (Deic) e de repressão e combate ao narcotráfico (Denarc). “Já determinei que o Deic faça uma série de operações e investigações na Baixada Santista”, informou o secretário. “E o Denarc vai auxiliar as Dises (Delegacias de Investigações Sobre Entorpecentes) da região para um combate mais eficiente ao tráfico de drogas”. O titular da Segurança Pública destacou ainda que pretende aumentar o efetivo no litoral, tão logo se formem novos policiais civis, militares e científicos que estão em curso nas academias. Porém, de imediato, o 1° Batalhão de Policiamento Rodoviário (1° BPRv) receberá aumento de 10% no número do efetivo. A unidade é responsável pelas rodovias que levam ao litoral, além daquelas que ligam a Grande SP com o Vale do Paraíba. Ecovias e prefeituras Barbosa Filho disse também que realizou uma série de reuniões com a Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes, e com as prefeituras da região. Os governos municipais e a responsável pela rodovia se comprometeram a melhorar a iluminação na chegada das cidades e em pontos estratégicos. A Ecovias também informou que irá instalar 16 câmeras inteligentes integradas ao Detecta. A localização dos equipamentos será definida pela concessionária em conjunto com as polícias Civil e Militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *