Prefeitura solicita que nova empresa de transporte antecipe início de atividades

Após analisar relatório detalhado da Diretoria de Trânsito e Transporte dando conta do grande número de reclamações e irregularidades que estão sendo constatadas no sistema de transportes operado pela empresa Translitoral, a Administração Municipal decidiu por antecipar, mesmo que provisoriamente, o inicio das operações da nova concessionária do serviço de transporte público. Por conta disso, a empresa City Transporte Urbano Intermodal, que venceu a licitação, assume a administração e a operacionalização do transporte público, já a partir do dia 1º de fevereiro de 2019.
Para o secretário de Defesa e Convivência Social, Luiz Cláudio Venâncio, a medida dá inicio a uma nova época para nossa cidade, “Queremos oferecer para o cidadão de Guarujá e Vicente de Carvalho e para aqueles que visitam nossas praias, um sistema de transporte público da melhor qualidade, ao nível dos melhores do Brasil.”
Ronei Cavalcanti, gerente operacional da City, esclarece que para atender a solicitação formal da prefeitura, a empresa apresentou as condições em que seria possível iniciar as operações nesse momento, considerando uma antecipação contratual. “Estamos antecipando o prazo previsto no contrato em mais de 60 dias, mas de forma nenhuma a City quer deixar de atender à população de Guarujá. Estamos fazendo da melhor forma possível, considerando as circunstâncias do transporte atual no município Vamos iniciar o serviço com veículos zero quilômetro e outros veículos seminovos, automáticos e articulados. Nossa intenção é manter aos usuários o serviço que ele tem hoje e conforme a frota zero quilometro for sendo disponibilizada pela montadora e pela encarroçadora, iremos informando com antecedência ao poder público os usuários a disponibilidade da frota e esses veículos novos vão sendo alocados.”
“O que precisa realmente estar claro é que queremos atender os usuários da melhor forma possível, considerando que estamos antecipando uma situação que não estava prevista na licitação”, ressalta.

Contrato
O contrato assinado em outubro de 2018 pelo presidente da City, Roberto Pereira de Abreu e pelo prefeito Válter Suman (foto), previa um prazo de seis meses, a partir da assinatura, para realizar as melhorias na infraestrutura viária, tais como: corredores exclusivos de ônibus, pavimentação de vias, reforma dos terminais Vicente de Carvalho e Ferry Boat, construção das estações de transferência, pontos de embarque e de desembarque, entre outras melhorias e frota nova, totalmente zero quilômetro com 25 ônibus articulados modelos BRT, 40 ônibus modelos Padron, 12 micro-ônibus, 43 do tipo convencional, um ônibus modelo Double Deck (para rota e linhas turísticas), três micro-ônibus executivos modelos Rodoviários (Serviços Executivos) e três vans adaptadas para transporte de pessoas com mobilidade reduzida, Wi-Fi, ar-condicionado,.além de um aplicativo, via GPS, para que o cidadão monitore a hora em que seu ônibus vai passar pelo ponto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *