R$ 1,29 milhão proveniente de multas será aplicado em segurança no trânsito

Transito (600 x 247)Guarujá recebeu pouco mais de R$ 1,29 milhão para investir em melhorias na segurança do trânsito. A verba é fruto de convênio assinado em outubro do ano passado, pelo prefeito Válter Suman, com o Governo do Estado. O investimento é proveniente de multas do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SP). Além do recurso financeiro, a Prefeitura contará com assessoria técnica do programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito. A iniciativa busca reduzir o número de fatalidades no trânsito até o ano 2020. Em Guarujá, os recursos serão utilizados para a instalação de 40 lombofaixas, semáforos e sinalização em 21 pontos críticos da Cidade – entre o Centro, Enseada, Santa Rosa, Santo Antônio e Vicente de Carvalho, identificados com base em estudo realizado pelo Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga/SP). Também com essa verba o Município vai adquirir material para Campanha de Educação para o Trânsito, voltada para todos os atores do trânsito e nas escolas, para alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio. A iniciativa está em fase de estudos de projetos executivos para as intervenções nas vias contempladas pelo programa, que devem começar no com instalação de lombadas, melhorias na sinalização, semáforos e placas de regulamentação da fiscalização por videomonitoramento. Os serviços serão coordenados pela Diretoria de Trânsito e Transporte (Ditran), vinculada à Secretaria de Defesa e Convivência Social (Sedecon). Entre os 21 pontos críticos apontados pelo estudo, onde ocorre o maior número de acidentes, estão a Av. Adhemar de Barros com as Avenidas Santos Dumont e Puglisi, na altura do Viaduto Floriberto Mariano; Av. Dom Pedro I com a Rua Sílvio Daige (Enseada); Avenida Puglisi com a Rua Montenegro (Centro); Av. Santos Dumont com Rua Guilherme Guinle e Praça 14 Bis (Vicente de Carvalho); Av. Thiago Ferreira com as avenidas Castelo Branco e Senador Salgado Filho, próximo ao terminal rodoviário e barcas, em Vicente de Carvalho; Rua Mário Ribeiro (Centro); Av. Miguel Albino com a Av. Miguel Mussa Gaze (Santa Rosa); Avenida Helena Maria (Santa Rosa), Alameda das Margaridas (Santo Antônio), entre outros pontos. Estatísticas O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito divulgou estatísticas sobre acidentes de óbitos no primeiro semestre do ano passado. Foram registradas 2.753 fatalidades em todo Estado, redução de 3,8% e 108 vítimas a menos na comparação com 2016 (2.861). As estatísticas são reveladas pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, com base nas informações do banco de dados do Governo Estadual –Infosiga/SP. De acordo com recente balanço, as mortes no trânsito na Baixada Santista caíram 57%. A região concentrou 37 óbitos em junho de 2016 e 16 em 2017, no mesmo período.  O balanço também apontou queda de 75% em Guarujá, ou seja, quatro óbitos em junho de 2016 contra um em junho do ano passado. Mesmo com essa redução, o número de mortes no trânsito, em geral, não passou por redução significativa. Excesso de velocidade, alcoolismo, não usar o cinto de segurança, são algumas das situações que acabam culminando em acidentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *