Salvar a Natureza, valorizar o homem

A transposição do Rio Itapanhaú, em Bertioga, é um projeto do governo do Estado de São Paulo que pretende bombear 216 milhões de litros de água por dia, 10% da vazão do rio, para o reservatório de Biritiba Mirim, que integra o sistema Alto Tietê, que abastece a Região Metropolitana de São Paulo. Uma pauta, até aqui, discutida quase que exclusivamente por técnicos e ambientalistas, mas que começa a mobilizar a opinião pública da região, através de manifestações, da imprensa e pelas redes sociais contra a obra. O enfrentamento se justifica. No começo de janeiro, a Cetesb aprovou a licença prévia para realização das obras pela Sabesp, que foi ratificada pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), mas sem estudos e análises realizados com os devidos rigores dos efeitos dessa transposição sobre as unidades de conservação atingidas, conforme argumenta a promotora Almachia Zwarg Acerbi, do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema) de Santos, em Ação Civil Pública que pede a proibição da obra. A prefeitura de Guarujá reconhece a importância do empreendimento para garantir o suprimento de água para a Capital, mas compartilha com o Gaema que isso seja feito com critério e com base em estudos que efetivamente permitam a avaliação dos impactos que poderão prejudicar efetivamente os nossos manguezais, nossa fauna e a nossa flora, visto que as nossas áreas de preservação ambiental, notadamente a reserva ecológica da Serra do Guararú são contíguas ao Rio Itapanhaú e, portanto, suscetíveis aos danos ambientais causados pela transposição. Guarujá quer ser ouvida no processo e nestes termos, estamos elaborando, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a Carta de Guarujá, documento que, soberanamente, será entregue ao governador, embasando tecnicamente o nosso posicionamento frente ao projeto e inspirado no lema da administração de um dos homens públicos mais admiráveis da história desta cidade, o ex-prefeito Jayme Daige: “Salvar a Natureza. Valorizar o Homem.”

Válter Suman – prefeito de Guarujá Texto postado no Facebook no último dia 06 de janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *