Suman atende pedido de vereadores e reduz valor das passagens de ônibus

SumanPag03 (491 x 600)O prefeito de Guarujá, Válter Suman, anunciou nesta segunda-feira (13), em entrevista coletiva, algumas medidas em diferentes setores, baseadas no diagnóstico destes primeiros 40 dias de governo. Entre as medidas, está a revogação do aumento na tarifa de transporte coletivo, autorizado no dia 20 de dezembro do ano passado, pouco antes do final do mandato da gestão anterior.
Com a revogação do reajuste, a tarifa foi reduzida dos atuais R$ 3,70 para R$ 3,20, valor que vigorava anteriormente. O decreto que revoga o aumento foi publicado na edição de terça-feira (14) do Diário Oficial do Município. Ele não descartou a possibilidade de cobrar responsabilidades sobre o acréscimo de R$ 0,50 por passagem e sobre os dois contratos emergenciais com a Translitoral.
Suman também anunciou que vai notificar extrajudicialmente a Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) para que a empresa regularize as travessias, enviou denúncia contra a empresa ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) e suspendeu o novo edital para concorrência pública internacional para a concessão da construção, exploração e manutenção do Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá, habilitando o Consórcio Guarujá Airport – única licitante do certame e que havia ingressado com um recurso. Por fim, ainda cancelou a renovação do contrato da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp), medida que não vai prejudicar os estudantes.

Edilson_presidente_2017 (quadro) copy (553 x 600)

“Todos os atos importantes da ex-prefeita Antonieta deveriam ser revogados”

O vereador Edilson Dias (PT), presidente da Câmara Municipal considera a decisão anunciada pelo prefeito Válter Suman acertada, embora tardia, “Ele deveria ter feito isso logo nos primeiros dias de mandato como fizeram outros prefeitos pelo Brasil inteiro revogando decretos de aumento das tarifas assinados pelos seus antecessores. O movimento dos vereadores solicitando a redução da tarifa surtiu o efeito desejado e quem ganhou com isso foi a população.”

Licitação
“O contrato da Viação Translitoral, terminou no final do primeiro semestre de 2015 e na ocasião a prefeita Antonieta deveria ter iniciado o processo licitatório para seis meses após, nós já tivéssemos a licitação concluída e uma ou mais empresas vencedoras em início de operações, no entanto ela fez uma renovação emergencial por seis meses, mais seis e ainda mais seis. Agora vamos cobrar o prefeito para que proceda essa licitação. Eu tenho suspeitas que a empresa não pode participar de nova licitação porque ela não tem toda a documentação necessária para se habilitar no certame. A estratégia da prefeita Antonieta em conluio com a empresa foi de postergar a licitação para a empresa ganhar tempo e tentar normalizar a sua documentação. A Câmara não vai permitir que o governo Suman proceda da mesma forma.”

Unaerp
“Em relação à Unaerp, o prefeito acertou porque a prorrogação que poderia ter sido feita agora em 2017 com maior transparência e a prefeita de forma apressada antecipou em praticamente em três anos esse contrato e ele foi assinado no último dia de dezembro quando todos estavam preocupados com as festas de fim de ano. Eu defendo que a gente tenha de fazer um levantamento das bolsas que são concedidas porque a Unaerp deixa de pagar um valor mensal para a prefeitura pelo uso do prédio, um valor de mercado entre R$ 100 mil e R$ 150 mil e verificar se ela cede bolsas para alunos carentes da cidade nesse montante.”
Aeroporto
“Quanto ao aeroporto, o prefeito falou que revogou o último edital, mas na verdade não revogou. A Antonieta lançou um edital que posteriormente foi alterado e o que foi revogada foi esta alteração do primeiro edital, ou seja, nós voltamos ao patamar anterior. Eu sou daqueles que defendem que todos os atos da ex-prefeita que versam sobre situações importantíssimas para acidade, como este, deveriam ser revogados porque não dá para acreditar, como nós estamos vendo, na lisura, na moralidade e na legalidade nos procedimentos administrativos que ela praticou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>