TCU permite implantação de curso de Medicina em Guarujá

Unioeste (600 x 328)Foi dado sinal verde para a criação de 39 novos cursos de Medicina no País, que estavam suspensos há nove meses por força de uma decisão cautelar (temporária) do Tribunal de Contas da União (TCU). Na quarta-feira (20), o plenário da casa analisou a medida e revogou a suspensão do edital, o que permite a continuidade do processo.
Na Baixada Santista serão 105 novas vagas para futuros médicos em universidades privadas, sendo 55 em Guarujá, a cargo da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) de Presidente Prudente.

Em 10 de julho do ano passado, foi divulgada a classificação das propostas apresentadas e aberto prazo para recurso. O resultado final estava previsto para ser divulgado no mês seguinte. Entretanto, a seleção motivou questionamentos na Justiça e no TCU, que paralisou o processo. 

Os cursos de medicina são parte do segundo eixo do Programa Mais Médicos, que objetiva ampliar o atendimento na Atenção Básica de Saúde. Pelas regras, as universidades selecionadas devem oferecer no mínimo 10% de bolsas de estudo, além de aderirem a programas governamentais de financiamento estudantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>