Terminal provisório pode viabilizar implantação do aeroporto até 2019

base-aerea-santos -II (600 x 362)Simplificar o projeto do Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá foi a forma encontrada para conseguir tirá-lo do papel mais rapidamente para que, em 2019, o aeroporto esteja pronto e realizando os primeiros voos. A ideia original era fazer um grande terminal de passageiros em uma área outorgada ao município. Porém, foi decidido mudar e fazer um terminal provisório em uma área já consolidada, pronta para receber as obras. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Portuárioa área que deveria ser usada inicialmente ainda precisaria passar por desmatamento, para estar pronta para as operações do aeroporto. Para isso, seria necessário solicitar licenciamento ambiental, o que demandaria muito mais tempo. Como a última licitação não deu certo, a prefeitura conversou com os técnicos da Secretaria de Aviação Civil para construir um edital mais flexível e mais adequado às características do mercado. O projeto original teria um investimento em torno de R$ 250 milhões. Com a simplificação, a previsão é de que não passe de um terço desse valor. Com isso, a expectativa é de que mais empresas e consórcios se interessem em participar da concorrência, uma vez que o retorno financeiro também será mais rápido. Agora, o objetivo é construir o terminal provisório, estacionamento e um píer para facilitar o acesso via Santos em uma área já desmatada, com cerca de 20 mil metros quadrados, pertencente à Base Aérea de Santos. A administração municipal segue em busca da concessão de uma área de 50 mil metros quadrados, para a expansão do terminal definitivo. O edital deve ser publicado em até 60 dias, após a conclusão das tratativas. Em seguida, será iniciado o processo licitatório, que deve durar cerca de 90 dias, para finalmente começarem as obras. (Foto: PMG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *