Vereador Mário Lúcio questiona proibição de shows na praia

WhatsApp Image 2017-12-29 at 18.15.22 (450 x 600)“Há anos, Guarujá não realiza shows nas praias e quando realizam, os empresários denunciam que sofrem represálias e ações do Ministério Público”. A afirmação é do vereador Mário Lúcio (PR), que falou sobre o assunto à nossa reportagem. “A gente quer que alguém nos diga por que não vão acontecer shows nas praias. A praia de Santos e das outras cidades da região não é diferente das praias de Guarujá. É areia e mar. Em Mongaguá vai ter shows, em Bertioga vai ter shows, em Praia Grande e São Vicente vai ter shows, até legais, só aqui é que não acontece esse tipo de evento e a gente vai procurar saber por que isso acontece. O que se sabe é que têm pessoas de influência, desembargadores, juízes, promotores que não deixam fazer shows na praia porque eles acham que Guarujá é uma cidade dormitório, de veraneio. Eles trabalham de segunda a sexta-feira e quando vêm para cá, no final de semana, sábado e domingo, querem paz. Querem ouvir só o barulho das ondas do mar. Só que nós somos uma cidade com foco turístico, tem que ter sim, shows como mais um atrativo, a praia é uma só, nós vivemos no mesmo país, portanto a lei é uma só, a mesma para todos. Se é permitido fazer nas outras cidades, porque não se pode fazer aqui? Vou continuar batendo nessa tecla e afirmando que isso está errado e a Câmara tem que botar o dedo nessa ferida. Minha proposta é que se chame uma audiência pública com as associações de bairro, as associações corporativas, classistas empresariais, o Ministério Público, o juiz local, SPU, representantes do poder executivo e todos os órgãos envolvidos para saber por que as outras cidades podem e os empresários não sofrem represálias e Guarujá não pode. Conversei com o secretário de Cultura do município para realizar a final do festival de música popular na praia e ele alegou que não podia por causa do barulho. Um evento que começava cedo e às 10 horas já teria terminado. A gente não concorda com isso e vamos continuar insistindo. Os vereadores, têm sim, que se posicionar em relação a isso porque isso influencia muito no decorrer dos anos, porque se tivermos shows e outras atividades na praia o turista não vai vir para a cidade só em dezembro, janeiro e fevereiro, vai vir o ano todo”, afirma o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *