Vila Zilda um bairro abandonado pelo poder público

V Zilda6 (599 x 600)VZilda 2 (600 x 600)Em janeiro de 1973, as fortes chuvas que caíram na cidade mudaram significativamente a geografia urbana de Guarujá. O Morro da Glória, que desde a década de 1950 era habitado por famílias humildes, sofre um grande desmoronamento, causando muitos estragos e destruição de barracos, mas, felizmente sem vítimas fatais. Por conta do acidente, os moradores do local foram removidos para uma área de bananal denominada Cachoeira dos Macacos, de propriedade da Sabesp. Nascia VZilda 3 (599 x 600)VZilda 4 (599 x 600)assim o bairro da Vila Zilda, cujo nome é em homenagem à esposa do então governador Laudo Natel, que cedeu a área do Estado, provisoriamente, para assentamento aos antigos moradores do morro. O que era para ser provisório tornou-se definitivo e no final da década de 1970 já haviam na Vila Zilda em torno de 700 barracos e outras novas invasões.
Esta é um pouco da história do primeiro bairro a ser visitado pela nossa reportagem e que dará início VZilda 5 (599 x 600)VZilda 7 (599 x 600)a uma série de
matérias sobre os bairros da cidade, conversando com moradores, lideranças comunitárias, comerciantes e avaliando os serviços públicos, como Saúde, Educação, Segurança, zeladoria e transporte, além de registro fotográfico dos problemas apontados pela população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

completar *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>