Voluntariado faz a diferença na reestruturação do Canil Municipal

Voluntários (551 x 600)A Divisão de Controle de Zoonoses de Guarujá ou o Canil Municipal, como é mais conhecido, vem passando por uma transformação. E não é só a equipe da Prefeitura ou demais parceiros que tem promovido melhorias com pintura e manutenção. O destaque deste processo de reestruturação tem sido protagonizado devido à atuação de voluntários. Hoje, seis deles dedicam parte do seu tempo nos cuidados e amor aos animais. De acordo com a assessora de Saúde e Bem Estar Animal da Prefeitura, a veterinária Juliana Martins Ferreira, os voluntários se tornaram grandes aliados. “Estamos buscando recursos junto à iniciativa privada. Há muito a ser feito. Mas em paralelo, a ajuda dessas pessoas realmente tem feito a diferença no serviço aqui prestado”. O voluntariado no espaço é a prova de que a união faz a força. Além disso, também significa um reforço nas ações de conscientização, já desenvolvidas pela Prefeitura desde o ano passado. Os voluntários podem levar os animais para passear, auxiliar nos cuidados aos animais, e também na limpeza e manutenção do local. O Canil Municipal abriga hoje cerca de 200 animais, entre cães e gatos, todos vítimas de maus tratos ou abandono. A responsável pelo local destaca que hoje o maior enfrentamento é com relação ao descarte de animais. “A questão do abandono ainda é muito grande. Em três dias, por exemplo, abandonaram um total de 80 animais”. Juliana acrescenta que o equipamento não é depósito de animais. “Atuamos no limite da nossa capacidade. Não podemos receber novos animais, simplesmente porque o dono não quer mais, daí, ressaltamos a importância da posse responsável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

completar *