“Tarifa dos ônibus em Guarujá é uma das menores da Baixada Santista”

0
29

Conforme noticiado em primeira mão no programa O Itapema na TV, o prefeito Válter Suman, atendendo a um clamor da população de Guarujá, se reuniu na manhã de quinta-feira (9) com membros de seu conselho gestor e várias secretarias da Prefeitura e determinou a redução do valor inicialmente previsto para a tarifa. Em vez de R$ 4,30 em dinheiro e R$ 4,20 no cartão, o novo valor fixado será único, de R$ 3,90, já em vigor desde sexta-feira (10).
“Vamos readequar nosso orçamento para proporcionar a nossa população uma tarifa com valor mais baixo. Será uma das menores da Baixada Santista. Isso, sem prejuízo de serviços essenciais, que continuarão sendo priorizados pela Administração”, afirma o prefeito.
Para a empresa o valor de remuneração continuará sendo de R$ 3,69 – e o subsídio, que custeia as gratuidades e descontos na passagem, também não será alterado.
Hoje, dos mais de 2 milhões de passageiros que utilizam o transporte público mensalmente na Cidade, 30% não pagam passagem – cerca de 677 mil pessoas, que são idosos e pessoas com deficiência. A Prefeitura também subsidia meia passagem de 6% desses passageiros, que representam 138 mil pessoas. Ou seja: pagantes são apenas cerca de 60% do total, em torno de 1,3 milhão de passageiros/mês.
Além disso, ao longo dos últimos anos houve aumento no preço de todos os elementos que norteiam os reajustes no transporte público no País, como combustíveis, insumos, salários dos colaboradores e inclusive das demandas sociais, com pessoas passando a depender mais do Poder Público.
O valor atual, de R$ 3,20, está em vigor desde 2014. Em dezembro de 2016, ele chegou a ser majorado para R$ 3,70. Entretanto, ao assumir a atual gestão, no início de 2017, o prefeito Válter Suman determinou a revogação do reajuste, pois o contrato estava irregular.
A atual Administração iniciou então processo para realizar uma nova licitação do transporte público, a fim de oferecer um serviço de excelência. Em outubro do ano passado, a Prefeitura conseguiu concretizar esse objetivo, contratando a City Transporte Urbano para modificar o conceito de mobilidade urbana na Cidade. Entre as exigências: ônibus novos e melhores, com ar-condicionado, wifi e uma série de benefícios para os usuários, trazendo o sistema BRT para Guarujá.
Em nota, o presidente da Câmara Municipal, vereador Edilson Dias (PT) afirmou que foi uma medida de sensatez por parte do prefeito que, “mais uma vez, demonstrou apreço pelo diálogo e compromisso com a classe trabalhadora, tendo em vista o impacto financeiro que o reajuste de R$ 1,10 provocaria”. (Fotos: Nair Bueno/ Via: DL)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here